Os Sistemas de Armazenamento de Energia, os BESS de acordo com a sigla em inglês (Battery Energy Storage Systems), foram tema de debate do Grupo Moura no II Fórum Pernambuco Energia. É a segunda edição do ciclo de debates promovido pelos principais agentes do setor energético pernambucano: empresários, pesquisadores e representantes dos Governos do Estado e Federal. O Gerente Comercial do Grupo Moura, Carlos Barros, e o Engenheiro de Desenvolvimento de Negócios do Grupo Moura, Jocelino Azevedo, comandaram a discussão e apresentaram as vantagens competitivas oferecidas pelo BESS, como peça fundamental na transformação vivida atualmente pelo setor elétrico.

Os novos Sistemas de Armazenamento de Energia permitem aumentar a capacidade de fornecimento de energia, dilatando os prazos de investimento em estruturas de transmissão, além de permitir que o consumidor final possa fazer a autogestão de sua energia, com maior flexibilidade, controle e qualidade, dentre outros atributos.

“O setor elétrico está em transformação. Mudanças nos paradigmas atuais de regulação, necessidade de ser dotado de uma infraestrutura flexível e de redefinir a experiência do consumidor, sem contar a demanda por adoção de novos modelos de negócios. Os Sistemas de Armazenamento se encaixam em todos esses conceitos”, definiu Azevedo.