Se você vai tirar a sua carteira de motorista, saiba que há vários exames necessários. Entre eles, o exame de vista, a prova teórica sobre legislação, direção defensiva, primeiros socorros e o exame psicotécnico. No entanto, você sabe como se preparar para esse teste? 

 Neste post, daremos algumas dicas sobre este exame que pode causar muita ansiedade nos candidatos a motorista. 

 

E então, quer conferir o conteúdo com a gente? Acompanhe a leitura!

O que cai no exame psicotécnico?

O exame psicotécnico avalia a personalidade do candidato que deseja ter a sua CNH. Ele evidencia o nível de habilidades necessárias para qualquer pessoa se tornar um motorista

Por isso, o psicotécnico é composto por questões relacionadas ao raciocínio lógico, processamento de informação, tomada de decisões, concentração, memória e comportamento. 

O motorista também será avaliado quanto a sua capacidade de ver, ouvir, ter força e destreza. Além de responder aos estímulos e ter a capacidade de diferenciar as cores, pois isso é importante durante o trajeto no trânsito. 

É bom lembrar que no trânsito, o motorista pode se deparar com várias situações estressantes e que podem causar medo de dirigir. Portanto, é importante que ele tenha equilíbrio emocional, além do controle do volante. 

Quanto tempo leva para fazer o exame?

Em média, o exame psicotécnico demora 1 hora para ser realizado. O resultado é liberado cerca de 30 minutos após o candidato finalizar o teste.

Quantas vezes o candidato pode reprovar no exame psicotécnico do Detran? 

Segundo o artigo 9º da Resolução Nº425/12 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), na avaliação psicológica o candidato poderá ser considerado:

 

  • Apto, quando o desempenho for o ideal para condução do automóvel;
  • Inapto temporário, quando tiver um desempenho para a condução do veículo, mas necessitar uma adequação para dirigir;
  • Inapto, quando não tiver equilíbrio físico e mental para dirigir. 

 

No caso de ser inapto temporário, você poderá fazer o teste quando o prazo de inaptidão se findar. Já se você é inapto, não terá as características necessárias para conduzir o automóvel. 

Entretanto, caso você tenha um resultado negativo no exame psicotécnico e seja considerado inapto ou inapto temporariamente, poderá pedir uma reavaliação e solicitar uma explicação do psicólogo do porquê você não passou no teste. 

Depois disso, você terá 30 dias para solicitar uma nova avaliação do teste e, assim, poder dar seguimento ao processo para a tão sonhada carteira de motorista

Young hispanic teenage girl learning to drive a car

Além do exame psicotécnico, diversos testes são realizados no processo de aquisição da CNH.

Como é feito o exame? 

O exame psicotécnico não exige, necessariamente, uma preparação. Alguns testes podem ser comparados com desenhos iguais aos que fazemos na escola. 

Na infância, o grafismo ajudava a desenvolver a coordenação motora fina. As linhas, mesmo sem sentido aparente, ajudam com a grafia e a expressão de sentimentos

Já na idade adulta, o grafismo mostra os indicadores da nossa personalidade e do nosso comportamento. Portanto, há vários exames psicotécnicos com diferentes finalidades. 

Um exemplo é o exame psicotécnico para avaliar a atenção dos futuros motoristas. Você pode se deparar com exercícios que apresentam estímulos visuais e sonoros

Como é avaliado o teste psicotécnico?

No exame psicotécnico não há respostas certas ou erradas. O que o psicólogo avalia é a sua atenção, a sua personalidade e como você se sairia em uma situação de emergência. 

Segundo o artigo 5º da Resolução nº 425/12 do Contran, o teste psicotécnico deve conter métodos e técnicas psicológicas capazes de avaliar: 

 

  • Tomada de decisão;
  • Processamento de informação;
  • Comportamento;
  • Autoavaliação do comportamento;
  • Traços de personalidade.

 

Já o artigo 6º determina que a avaliação psicológica deverá utilizar das seguintes técnicas e instrumentos:

 

  • Entrevistas diretas e individuais;
  • Testes psicológicos de acordo com resoluções vigentes do Conselho Federal de Psicologia, que determina como deve ser feito o exame psicotécnico;
  • Dinâmicas de grupo;
  • Escuta e intervenções verbais.  

 

 

A view of a person driving a luxury car on the empty street captured on a sunny day

Ler o teste atentamente, manter a calma e seguir as orientações dadas no momento da aplicação são ótimas formas de ser bem sucedido no exame psicotécnico.

Como se preparar para o exame psicotécnico?

Você pode buscar vídeos, ler outros conteúdos e conversar com pessoas que já passaram pelo teste psicotécnico, para que você fique mais por dentro do que acontece na hora. 

Além disso, confira algumas dicas para você seguir no dia do exame:

Durma bem

Tenha uma boa noite de sono. Essa é a primeira dica para você tirar o exame psicotécnico de letra. Lembre-se que você precisa estar em boa condição física e mental para se sair bem na prova! 

Desligue o celular, evite tablets e computadores

A tecnologia é aliada nas horas em que mais precisamos, não é verdade? Ela nos ajuda com a comunicação, com estudos e trabalho. 

No entanto, aparelhos como celular, tablets e computadores podem causar ansiedade. Portanto, antes do exame psicotécnico tente desligá-los ou mantê-los longe. Descanse o seu cérebro. 

Faça um lanche leve 

Não faça o teste em jejum. A fome causa dor de estômago e prejudica o seu raciocínio. 

Por isso, faça um lanche leve, com torradas ou uma maçã. Você também pode comer o famoso pão com manteiga e tomar um cafezinho. 

 

Agora que você já sabe como funciona o exame psicotécnico, isso pode te tranquilizar para o dia do teste, certo? Boa sorte nos testes e na conquista da sua CNH!

Gostou do conteúdo? Que tal conferir o que é necessário para fazer uma transferência de veículo?