Nem sempre quem é proprietário de um automóvel tem a ideia exata da função das baterias automotivas. O equipamento é um acumulador recarregável de energia que só costuma receber atenção do motorista quando apresenta problema.

No entanto, você sabe para que servem as baterias automotivas? Neste post, vamos falar um pouco sobre o assunto. Quer aprender tudo com a gente? Então, acompanhe a leitura!

Como funciona a bateria automotiva?

bateria automotiva tem um eletrodo positivo que é feito de dióxido de chumbo e o eletrodo negativo que é feito de chumbo poroso. Quando uma carga elétrica é conectada através da bateria, uma corrente flui através do eletrólito na bateria através da carga externa. Isso faz com que a bateria descarregue, o que resulta na composição química de ambos eletrodos mudando para o sulfato de chumbo.

Uma bateria pode ser carregada colocando uma corrente através da bateria de uma fonte externa de eletricidade, como um alternador, dínamo ou unidade de carregamento. Isso converte o sulfato de chumbo de volta ao dióxido de chumbo e o chumbo poroso. A medida que a bateria se torna carregada, a eletricidade começa a decompor (hidrolisar) a água no eletrólito em seus elementos contribuintes de hidrogênio e oxigênio, que são liberados como gás. É por isso que uma bateria “gasta” água quando é carregada.

Para que servem as baterias automotivas?

As baterias automotivas têm como função de armazenar energia sob forma química, que será transformada em energia elétrica quando o veículo precisar. As baterias servem para dar a partida no veículo, proporcionar energia para iluminação externa e interna e manter os sistemas elétricos eletrônicos ativos quando o automóvel estiver desligado. 

Elas também fazem os desembaçadores de vidro, porta malas, ar condicionado, sistema multimídia com GPS, sensores de estacionamento, aquecimento dos bancos e teto solar funcionarem, além de aquecerem os bancos e fazerem o ajuste elétrico dos espelhos retrovisores. As baterias automotivas também ajudam no sistema de apoio à condução do automóvel como:

  • Freio abs;
  • Sistema do programa de estabilidade eletrônico;
  • Direção com assistência elétrica;
  • Luzes de freio;
  • Sistema eletrônico para controle de injeção.
carros equipados com baterias automotivas

Baterias automotivas são responsáveis pelo funcionamento de mecanismos importantes nos automóveis.

As baterias automotivas, aumentam a segurança e a durabilidade demandada dos automóveis com maior eletroeletrônica embarcada, o que garante um excelente desempenho e performance dos veículos. A bateria de chumbo ácido possui várias aplicações no carro, como a ignição (sua principal função). Ela também é a responsável pelo tracionamento de alguns motores elétricos e mantém alguns equipamentos em funcionamento no caso de queda de energia.

Como são formadas as baterias automotivas?

No caso das baterias automotivas de 12V, elas são formadas por 6 elementos constituídos por placas positivas, negativas, separadores e eletrólito. No entanto, é importante ressaltar que todas as baterias são aparentemente iguais, porém a tecnologia empregada na sua fabricação, assim como o processo e o sistema de qualidade são determinantes na performance e na vida útil do produto.

O que você deve saber sobre a bateria automotiva?

Além de você ficar atento ao tempo de uso das baterias automotivas, deve verificar toda semana o nível de água do equipamento. Faça isso com o automóvel frio. Entretanto, esse trabalho é dispensável para as baterias seladas, que não precisam de água, como as baterias Moura. Já para as que precisam, a dica é completar o nível e utilizar somente água destilada. Nunca coloque outro tipo de líquido. Também é importante completar de forma que as placas de chumbo fiquem totalmente cobertas, mas sem transbordar.

Saiba, ainda, que as baterias automotivas são feitas para estarem sempre carregadas e fornecer uma grande quantidade de corrente em um curto período de tempo necessário para dar a partida no motor do automóvel. 

Foco no volante e painel aceso de um carro, funcionando à base de baterias automotivas.

As baterias automotivas são fundamentais para um funcionamento saudável do veículo.

Do que a bateria automotiva é feita?

Vamos conhecer agora alguns dos principais componentes das baterias automotivas:

Grades

As grades de Pb utilizadas nos eletrodos positivos e negativos são fabricados com ligas exclusivas, pois são materiais maleáveis. Elas precisam ter um bom suporte mecânico, o qual é fornecido por uma liga de chumbo que recebe vários elementos químicos, em que ajudarão na qualidade e durabilidade da grade.

Eletrodos

Os eletrodos são inicialmente feitos de uma mistura de sulfato de chumbo, óxido de chumbo e aditivos, e são convertidos em dióxido de chumbo na placa positiva e chumbo poroso na placa negativa quando a bateria é inicialmente carregada.

Separador

O separador é um isolante colocado entre as placas positivas e negativas que evita que elas se toquem e gerem um curto circuito. Ele também precisa ser microporoso com orifícios muito pequenos para permitir que os íons fluam através do separador de uma placa para outra. Ele também precisa ser capaz de resistir às altas temperaturas.

Eletrólito

O eletrólito é ácido sulfúrico diluído. Isso funciona como um condutor para transportar íons elétricos entre as placas positivas e negativas quando a bateria está sendo carregada ou descarregada. 

Recipiente e tampa

Estes são feitos normalmente de polipropileno, que é um plástico leve mais forte. Ao contrário de alguns plásticos, ele não se torna frágil quando está frio e, portanto, pode resistir a choques durante manuseio. Pode também suportar os fluídos (gasolina, diesel, fluido de freio e anticongelante) normalmente encontrados em um veículo.

Agora que você já aprendeu para que servem as baterias automotivas, também já sabe a importância de cuidar para que elas estejam sempre novas e em pleno funcionamento.

botão que leva até o mourafacil.com

E aí, gostou do conteúdo? Deixe um comentário em nosso post!