Durante quatro dias, Belo Jardim respirou o melhor da música erudita com a quarta edição do Virtuosi. Realizado pelo Ministério da Cultura e Instituto Conceição Moura, o festival trouxe apresentações para a Igreja Matriz com entrada gratuita. O destaque deste ano foram as máster classes oferecidas para instrumentistas de sopros: mais de 80 jovens trompetistas, trombonistas, trompistas, tubistas, flautistas, clarinetistas e saxofonistas participaram das aulas.

A programação musical foi aberta pelo Sexteto Brasil, grupo formado pelo trompetistas Ayrton Benck e Glaucio Xavier, o trompista Cisneiro Andrade, o trombonista Sabiano Araújo, o tubista Valmir Vieira e o percussionista Glauco Andreza. Outras atrações foram Felícia Coelho, Gueber Santos e José Veríssimo e o Quinta Essência Quarteto – um dos mais prestigiados grupos camerísticos do Brasil.

O IV VIRTUOSI DE BELO JARDIM teve patrocínio do Ministério da Cultura através da lei federal de incentivo fiscal e do Instituto Conceição Moura com apoio do Grupo Moura, Prefeitura de Belo Jardim, Instituto Federal de Pernambuco Campus Belo Jardim e CEPE.