O sistema de ar condicionado automotivo vai além de oferecer conforto ao motorista e passageiros. Ele também oferece segurança, uma vez que proporciona a possibilidade de andar por grandes centros urbanos com os vidros fechados. No entanto, para que esse dispositivo tenha um bom funcionamento, é importante entender como funciona o ar condicionado do carro e qual é a importância da higienização do ar condicionado automotivo.

Saiba também que o ar condicionado no carro só funciona com eficiência se você tiver com a parte elétrica do automóvel em dia e uma boa bateria automotiva. Isso porque o bom funcionamento de todos os dispositivos elétricos e eletrônicos do veículo dependem de uma bateria de qualidade.

Preparamos esse post para que você aprenda tudo sobre o sistema de ar condicionado automotivo. Nele, vamos apresentar as principais diferenças entre os modelos de ar condicionado veicular, além de esclarecer outras dúvidas sobre o assunto. E aí, ficou interessado em aprender tudo com a Moura? Siga com a leitura!

Sistema de ar condicionado automotivo

Foi a partir de 1980 que o ar condicionado no carro tornou-se mais acessível aos proprietários de automóveis e saiu da lista de itens de luxo. Da década de 80 para cá, o sistema de ar condicionado evoluiu, dando origem a quatro tipos de ar condicionado veicular, como mostraremos a seguir.

Ar condicionado analógico

É o modelo mais comum de sistema de ar condicionado automotivo. A escolha da temperatura é manual e você tem botões rotatórios que rumam à parte azul (frio) ou vermelha (quente). Neste sistema, o botão de números aponta a intensidade que o aparelho funcionará. A temperatura é escolhida, em modelo de escala, pelo usuário. Também é definida a velocidade do ventilador e há necessidade de operar a circulação do ar.

Ar condicionado com controle automático

Com esse modelo de ar condicionado no carro você não precisa mudar a temperatura. Ele é analógico, porém há controle automático. Os botões continuam giratórios, mas por ser um sistema diferente do primeiro, ele se ajusta conforme à necessidade.

 

saída do sistema de ar condicionado automotivo de um carro

O sistema de ar condicionado automotivo pode ser analógico, com controle automático, digital ou digital com controle automático.

Ar condicionado digital

Esse aparelho é totalmente digital. O usuário deste sistema de ar condicionado automotivo controla os botões com as informações em uma tela. Alguns modelos têm tela touch, um sistema sensível ao toque e que garante maior precisão na escolha da temperatura.

Ar condicionado digital automático

O que diferencia nesse tipo de ar são os sensores, eles mantém a temperatura interna do veículo de acordo com a escolha do condutor do automóvel. Assim, o sistema atende o desejo dos passageiros e evita que o usuário tenha que ajustar o ar. Este modelo vem de fábrica em alguns veículos mais tecnológicos e, com isso, agrega mais valor ao automóvel.

Como funciona o ar condicionado do carro?

A resposta de como funciona o ar condicionado do carro gira em torno de uma central elétrica em boas condições, já que ela acopla a embreagem do ar condicionado. Além dela, mangueiras, conectores e tubos são essenciais para o dispositivo.

Caso você tenha mais dúvidas de como funciona o ar condicionado automotivo, você deve pedir orientação a um mecânico de sua confiança. Ele poderá ajudar com outras informações e especificações técnicas.

Ar condicionado no carro: problemas mais comuns

Veja agora os problemas mais comuns do ar condicionado automotivo:

Problemas no compressor

O ar condicionado no carro pode não resfriar por problemas no compressor e, para resolver o problema, você deve lubrificar a peça várias vezes. Se, mesmo que por pouco tempo, o equipamento não estiver lubrificado, você pode ter esse tipo de problema.

Falhas elétricas

parte de um painel veicular com a saída do sistema de ar condicionado automotivo

Os problemas mais comuns que podem ser encontrados em um sistema de ar condicionado automotivo têm a ver com falhas elétricas, bateria arriada ou falta de lubrificação no compressor.

Outro problema comum no sistema de ar condicionado automotivo são as falhas elétricas. Nesse caso, os ventiladores não funcionam da forma adequada, apenas ventilando e não expelindo os ares pelas saídas. Nesse processo, o ar não gela em todo o automóvel e sobrecarrega o sistema.

Bateria arriada

Para todos os sistemas elétricos e eletrônicos do automóvel funcionarem, é preciso de uma boa bateria. E se a peça não for de boa qualidade e estiver arriada, o sistema de ar condicionado automotivo não gela. Então, faça o teste da sua bateria para ver a eficiência da peça e garantir o conforto em seu carro.

Importância da higienização do ar condicionado automotivo

A importância da higienização do ar condicionado automotivo vai além do conforto. Quando você cuida deste sistema, trocando seu filtro, por exemplo, está evitando desgaste da peça, mau cheiro no automóvel e dificuldade no sistema de ventilação.

Portanto, troque o filtro para fazer a limpeza do ar condicionado. Como o próprio nome diz, este item filtra as impurezas do ar e bloqueia a entrada de maus odores no veículo. Para garantir uma limpeza eficiente, leve o automóvel ao mecânico. Ele utilizará equipamentos e produtos especiais para remover o pó e proteger o seu carro contra fungos e bactérias.

Interação com a parte elétrica do carro

Agora que você já sabe como funciona o ar condicionado automotivo, preste atenção também na bateria automotiva. Não se esqueça que a peça é a grande responsável pela eficiência do ar condicionado. É ela quem fornece a energia necessária para o dispositivo funcionar.

Para conhecer as melhores baterias para o seu sistema de ar condicionado automotivo, confira os produtos da Moura. A empresa oferece a tecnologia que você precisa para usar todos os dispositivos elétricos e eletrônicos do seu automóvel sem maiores preocupações. 

E aí, quer também saber onde encontrar as melhores baterias?

botão que leva até o mourafacil.com