Imagine a situação: você está dirigindo o automóvel pela estrada, aproveitando o passeio ou indo para o trabalho e, de repente, o carro para! O rádio e os vidros não funcionam mais e os faróis não acendem. E aí, o que aconteceu? O que provocou a pane elétrica no automóvel e como evitá-la?

Pensando em ajudá-lo(a) a entender e a solucionar o problema, preparamos este post. Nele, vamos explicar tudo sobre a pane elétrica em automóveis. E aí, quer conferir o artigo com a gente? Então, acompanhe!

Por que acontece a pane elétrica?

A pane elétrica é um problema relacionado ao sistema de alimentação do carro. Em geral, pode ser um desgaste da bateria ou mau funcionamento do alternador. Para saber a causa da pane elétrica é preciso testar essas duas peças. A bateria, é testada com o automóvel ligado e desligado. Já o alternador, só funciona quando o carro está desligado, pois é ele que fornece a energia para os sistemas de iluminação e acessórios, e ao mesmo tempo, carrega a bateria novamente.

O que fazer em caso de pane elétrica?

Fique calmo(a)

A primeira coisa que você tem que fazer no caso de uma pane elétrica é ficar calmo(a). Pare o automóvel em um local seguro, mesmo que empurrando, e ligue o pisca alerta para indicar aos outros condutores que o seu veículo está com problemas. Caso não consiga ligar o pisca alerta, use o triângulo de segurança, para indicar que você está parado com pane elétrica.

Peça ajuda

Entre em contato com o serviço de socorro da própria rodovia ou seguradora e faça um pedido de ajuda. Nunca tente consertar o problema sozinho. Não fique dentro do automóvel. O mais prudente é ficar em um abrigo ou, se não tiver algo perto, ficar próximo ao veículo.   

Evite fazer chupeta na bateria

Se o problema for a bateria, ela precisa ser substituída. Algumas pessoas insistem em fazer a transferência de carga, que é a famosa chupeta. Isso não é recomendável porque o procedimento pode danificar outros sistemas do carro.

O que provoca a pane elétrica?

fumaça saindo dos pneus de um carro preto por causa da pane elétrica

Bateria

Leve a bateria até uma auto elétrica. O profissional fará testes com o automóvel ligado e desligado. Se a bateria estiver descarregada, ela deverá ser substituída.

Alternador

Investigue se o problema é no alternador. O profissional irá investigar se o problema é dentro do alternador, já que às vezes, por negligência de manutenção, é apenas a correia do sistema que arrebentou e precisa ser substituída.

Curto no sistema

No caso de curto no sistema, apenas um profissional poderá verificar o problema. No entanto, o curto pode ser provocado por um fusível queimado. Normalmente, este fusível fica em uma caixa próxima ao joelho do motorista. No manual do proprietário do automóvel há todas as informações sobre os fusíveis, inclusive para que servem e a capacidade de cada um.

O fusível funciona como uma proteção para o veículo. Se você tem uma sobrecarga no automóvel, ao invés do problema afetar diretamente o farol, vai queimar o fusível do sistema. Para resolver o problema é fácil. Você tira o fusível, verifica se ele está queimado e substitui por outro novo com a mesma capacidade.

Injeção eletrônica

O sistema de injeção eletrônica do seu automóvel pode falhar e provocar uma pane elétrica. Neste caso, confira se o motor funciona quando a luz de sinalização estiver acesa. Se a luz indicadora acendeu, mas o motor apagou, é sinal de que há problemas na injeção eletrônica.

Correia do alternador

A correia do alternador é o que transmite a força do virabrequim para a polia do alternador. Como esse item é revestido de borracha, ele pode ressecar com o passar do tempo. Caso isso ocorra, haverá pequenas fissuras que poderão provocar rompimento e causar a pane elétrica no automóvel.

Bomba de combustível

Essa causa é pouco comum. No entanto, pode acontecer dessa bomba ter algum problema e, com isso, não conseguir levar a gasolina ou o álcool pelo motor com a pressão necessária. Caso o problema seja a bomba, é preciso trocá-la. O processo é rápido e pode ser feito em qualquer oficina mecânica ou concessionária autorizada.

Bobina

A bobina cria altas tensões que provocam faíscas nas velas. Às vezes, ela pode superaquecer e assim não gerar a energia necessária, provocando a pane elétrica. A dica aqui é aguardar a bobina esfriar e depois dar a partida do automóvel após 15 minutos. Entretanto, essa é apenas uma solução paliativa, o ideal é você procurar uma oficina mecânica para que a situação seja avaliada e possa resolver o problema.

O que fazer para evitar a pane elétrica?

Observe se o carro não pega

Se você entra no carro, vira a chave e ele demora a pegar, é sinal de que a bateria está no fim da sua vida útil. Portanto, observe os sinais do automóvel. Se isso for algo que acontece todos os dias, você deverá levar o veículo em uma concessionária autorizada ou em uma auto elétrica para verificar o problema. Para isso, você pode contar com os serviços do Mourafácil.com!

Fique de olho no painel

Se a luz da bateria acende no painel do carro, pode ser que há problemas na própria bateria ou no alternador. Vá a um especialista e peça para que ele investigue o problema. Não espere dias ou semanas para procurar ajuda.

Faça a manutenção preventiva

Esse é o segredo para nunca ser surpreendido (a) com um problema no automóvel. Quando você faz a manutenção preventiva, o profissional verifica todos os sistemas, inclusive os itens que evitam a pane elétrica. Muitas vezes, a causa da pane está na correia do alternador. Para evitar o problema, o manual do proprietário do automóvel traz o período que as manutenções da bateria e do alternador deverão ser feitas. Se você respeitar as datas, as chances de ter problemas como uma pane elétrica são reduzidas.

Como aumentar a vida útil da bateria?

Carro de brinquedo amarelo em um fundo amarelo com o capô aberto

Deixe o carro ligado no sinal

Tem gente que tem o hábito de desligar o carro no sinal. Se o veículo não tem o sistema de start stop, não faça isso. A bateria sofre muito e o desgaste é maior quando se dá partida toda hora. Portanto, ao chegar num sinal de trânsito, apenas pare o automóvel.

Evite o som ligado por muito tempo

Deixar o som ligado com o carro desligado é péssimo para a bateria, faz com que a peça descarregue mais rápido. Para evitar esse problema e fazer a sua bateria durar mais, tome cuidado com o som.

Desligue as luzes e os demais acessórios

Antes de desligar o carro, verifique se há luzes ou qualquer outro dispositivo aceso ou ligado. Desligue tudo antes de desligar o carro, pois assim você irá preservar a bateria na próxima partida.

Ande com seu automóvel

Não deixe o seu automóvel parado por muito tempo. Isso estraga várias peças e dispositivos, inclusive a bateria. Portanto, se você tem um veículo, ande sempre com ele. Nada de deixá-lo parado por muito tempo.

Agora que você aprendeu o que fazer em caso de pane elétrica, ficará mais tranquilo (a) da próxima vez que tiver um problema com o seu automóvel, não é verdade? E não se esqueça: sem energia nenhum carro funciona. Por isso que as baterias são necessárias para armazenar a energia dos componentes elétricos dos carros. As primeiras baterias surgiram antes mesmo dos primeiros veículos movidos a gasolina, por volta de 1800, e em 1859 foram parar nos carros.

 

E aí, quer conferir mais dicas incríveis como esta? A Moura produz a websérie Mecânica com M, em seu canal do Youtube. Se inscreva no canal e confira o segundo episódio da série!