Blog

Carreiras

Blog
Moura
chevron-right

O que é odômetro e como saber se foi alterado?

Dicas Moura

O que é odômetro e como saber se foi alterado?

odometro
Leitura:5 min
Compartilhe:compartilhe pelo whatsapp

Você já se perguntou qual é a importância do odômetro no seu carro? Esse pequeno aparelho — que também é chamado de “hodômetro” — é um medidor de quilometragem de veículos que desempenha um papel crucial na manutenção e no valor de revenda de um carro, moto ou caminhão.

Ele é responsável por registrar a distância total percorrida, marcando informações que podem ser valiosas sobre o histórico do carro, especialmente em momentos como a venda de usados e seminovos.

Neste post, vamos explorar mais sobre o que é um odômetro, sua importância e algumas dicas importantes sobre a vistoria desse componente nos carros. Vamos lá?

O que é odômetro e para que serve?

Como comentamos anteriormente, o aparelho que registra a quilometragem do veículo é um componente essencial para medir seu tempo de uso. Ele pode ser digital ou mecânico (dependendo do modelo e ano de lançamento) e fornece informações precisas sobre o histórico de uso de qualquer automóvel.

Sua importância e uso podem se manifestar de várias maneiras, mas as principais delas são: 

  1. Transferência de veículo: durante a venda ou compra de um carro usado ou seminovo, o medidor de quilometragem de veículos é uma ferramenta crucial para determinar o valor do automóvel. Uma leitura mais alta geralmente indica que o carro foi bastante usado, o que pode diminuir seu valor de revenda;
  2. Revisões preventivas e manutenção: o odômetro também ajuda a programar, em média, quando uma revisão poderá ser realizada. Isso porque muitos dos problemas que acometem os carros, motos e caminhões podem estar relacionados ao seu desgaste devido ao tempo de uso: assim, as manutenções também podem ser programadas com base na quilometragem registrada no odômetro;

Ele é uma ferramenta valiosa para manter seu carro em boas condições de funcionamento e preservar seu valor de revenda e, por isso, é sempre importante verificar a leitura durante vistorias e revisões periódicas.

o hodômetro e o velocímetro de uma motoestão em foco. Essa moto está parada em um estacionamento ao ar livre

Em qualquer tipo de veículo, o hodômetro tem o objetivo de registrar o histórico de quilometragem por completo

Quais são os tipos de odômetro existentes?

Como já comentamos, o medidor de quilometragem pode ser encontrado em dois principais tipos: o mecânico e o digital. Entender a diferença entre eles pode ajudar os proprietários e compradores a verificar questões como adulterações e fraudes de maneira mais certeira. Veja:

Odômetro mecânico

O odômetro mecânico é um dispositivo considerado analógico e usa engrenagens para registrar a distância percorrida pelo veículo. Ele é comum em carros mais antigos e, por contar com uma estrutura que atua em contato direto com os eixos de transmissão, pode ser mais suscetível a fraudes e manipulações físicas.

Odômetro digital

Por outro lado, o odômetro digital é um dispositivo que registra a distância percorrida através de sensores — ligados diretamente à correia dentada para uma contagem que acontece a cada distância percorrida.

Ele é mais comum em carros modernos e, embora seja mais difícil de adulterar, também pode ser suscetível a modificações fraudulentas. Por isso, é importante saber reconhecer os sinais de alteração no momento de vendas, vistorias e transferências.

Como saber se o odômetro foi adulterado?

o pneu de um carro está em foco

Sinais de desgaste em peças como pneus, freios e volante podem ajudar a conferir a veracidade dos números presentes no hodômetro

Como medidor de quilômetros rodados, o hodômetro é uma ferramenta importante no momento de definir o valor de um veículo e, por isso, é comum que futuros compradores busquem entender se o número mostrado no painel coincide com a realidade de condições do automóvel.

Para auxiliar no momento desta conferência, existem alguns indicadores físicos que devem coincidir com o nível de desgaste esperado de acordo com a quilometragem indicada. São eles:

  1. Histórico de revisões: Geralmente, as oficinas mecânicas registram a quilometragem do veículo durante cada visita para manutenção. Portanto, se a quilometragem registrada durante as revisões não corresponder à leitura atual do odômetro, pode ser um sinal de adulteração;
  2. Pneus: Os pneus de um carro duram entre 20 mil e 30 mil km e, por serem componentes que passam por desgaste visível, é possível identificar quando o marcador não coincide com suas condições de uso. 

Pneus extremamente desgastados em um carro com baixa quilometragem, por exemplo, podem ser um sinal claro de adulteração;

  1. Interior do veículo: Se o carro tem uma quilometragem baixa mas  seu interior mostra sinais significativos de desgaste, pode ser um indício de que o hodômetro não é preciso.

Isso acontece porque, assim como os pneus, os componentes internos de um veículo (como volante, pedais e marcha, por exemplo) podem sofrer desgastes bastante visíveis com o passar do tempo e, quando estão claramente deteriorados, é esperado que o veículo tenha mais tempo de uso.

o odômetro e velocímetro de um carro estão sendo mostrados da parte de dentro do veículo.

Para saber se um odômetro foi adulterado, é sempre válido buscar assistência técnica especializada

Gostou de conhecer melhor sobre o odômetro e sua importância? Ele representa um recurso importante no momento de transferências e vistorias, e é sempre positivo saber identificar sinais de adulteração nesse contexto.

Também ressaltamos que todo tipo de vistoria oficial deve ser feita com a ajuda de equipes especializadas, que poderão aplicar seu conhecimento técnico durante qualquer tipo de revisão.

 

Para continuar se informando sobre vistorias, quilometragem dos veículos e todas as questões que envolvem a transferência de um automóvel, continue explorando os conteúdos que publicamos sobre o tema aqui no Blog Moura!


Compartilhe:
compartilhe pelo whatsapp

Notícias relacionadas

Dicas Moura

O que é habilitação ACC e quem precisa tirar?

A Resolução nº 996 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definiu, em junho de 2023, que a habilitação ACC é...

Leitura: 0 min

Assine nossa newsletter

Moura

0800 701 2021

© 2024 - Acumuladores Moura S.A.

Todos os direitos reservados.Termos & Condições

A Moura

  • Sobre
  • Inovação
  • Cultura
  • Governança Corporativa
  • Certificações
  • Sustentabilidade

Carreiras

Serviços

Blog

Moura Fácil

Produtos