Logotipo da Moura

Blog

Carreiras

Blog
Moura
chevron-right

Vistoria reprovada por quilometragem: o que fazer?

Destaque

Vistoria reprovada por quilometragem: o que fazer?

7 min

Uma vistoria reprovada por quilometragem acontece através da vistoria cautelar – um procedimento fundamental na compra e venda de veículos usados, que visa garantir a segurança e a transparência nas transações. 

Ela fornece informações detalhadas sobre o estado do veículo, incluindo aspectos mecânicos, estruturais e, é claro, os ligados à rodagem e quilometragem.

O que geralmente acontece é que, para valorizar o automóvel que está sendo vendido, alguns dos proprietários acabam adulterando essas informações de maneira ilegal: com menos quilômetros rodados, afinal, o carro teoricamente passou por menos desgastes e vale mais.

Se você passou por isso, ou mesmo teme que isso ocorra ao comprar um veículo usado no futuro, preparamos um artigo com diversos passos práticos que vão te ajudar. Confira os próximos tópicos e anote nossas dicas!

Explicando a vistoria cautelar

Antes de aprofundarmos nosso artigo sobre como agir na hora de uma vistoria reprovada por quilometragem, é importante entendermos que a vistoria cautelar é um procedimento realizado por empresas especializadas ou órgãos de trânsito, como o DETRAN, com o objetivo de verificar as condições gerais de um veículo usado. 

Ela é especialmente importante em transações de compra e venda, ajudando a identificar problemas ocultos, fraudes e adulterações e se difere da vistoria de transferência em alguns aspectos, que explicamos a seguir.

Tipos de vistoria: qual a diferença entre cautelar e de transferência?

um homem com roupas de mecânico está observando o interior de um veículo que está na oficina com o capô aberto

A vistoria reprovada por quilometragem se dá através da vistoria cautelar, que avalia as condições físicas do veículo

A vistoria cautelar difere da vistoria de transferência, que é obrigatória quando um veículo troca de proprietário. A vistoria cautelar de transferência está mais focada na regularização do veículo perante o novo proprietário, enquanto a vistoria cautelar busca avaliar a integridade e as condições reais do veículo para quem vai vendê-lo.

O que fazer quando a vistoria é reprovada por quilometragem?

o painel de velocidade de um veículo está em foco, com os números e ponteiros em destaque com uma luz vermelha

Uma vistoria reprovada por quilometragem pode indicar adulterações, que são identificadas através de marcas e sinais físicos no veículo.

Sabemos que uma vistoria reprovada por quilometragem durante as negociações de um veículo é algo que não desejamos. Para te ajudar a lidar com a situação da melhor maneira possível, preparamos alguns tópicos explicativos com um passo a passo do que deve ser feito nesse caso. Confira:

  • Procure uma unidade do DETRAN: Entre em contato com o DETRAN ou a empresa de vistoria e informe que o laudo cautelar foi bloqueado devido à quilometragem. Eles poderão fornecer orientações sobre os próximos passos;
  • Avalie a reprovação: Na unidade do DETRAN, você poderá entender se a reprovação ocorreu de fato devido à quilometragem ou se há outras questões envolvidas, como adulterações no veículo;
  • Regularize a situação: Caso a reprovação tenha ocorrido devido a problemas na quilometragem, será necessário regularizar essa informação. Isso pode envolver a correção do hodômetro ou a apresentação de documentos que comprovem a quilometragem real do veículo;
  • Realize uma nova vistoria: Após regularizar a situação, retorne ao órgão emissor do laudo e agende uma nova vistoria cautelar. Certifique-se, então, de que todas as informações estejam corretas e que o hodômetro reflita a quilometragem real do veículo.

Como provar que a quilometragem foi alterada?

Após uma vistoria reprovada por quilometragem, provar a adulteração pode ser um desafio: afinal, existem sinais que confirmam a fraude? Confira alguns dos principais pontos a se conferir:

  • Trincas no painel: verifique se há trincas ou sinais de desmontagem no painel do veículo, onde o hodômetro geralmente está localizado;
  • Emendas: procure por emendas no painel, que podem ser indicativos de que ele foi removido e reinstalado;
  • Marcas incomuns no painel: observe se há marcas ou indícios de que o painel foi manipulado de alguma forma, como marcas de mãos e dedos nos locais em que, no dia a dia, não há necessidade de existir contato das mãos humanas com frequência;
  • Registros do hodômetro: alguns veículos modernos mantêm registros eletrônicos do histórico do hodômetro. Um técnico de concessionária pode acessar esses registros para verificar se houve alterações na quilometragem ao longo do tempo.

Ainda, é importante ressaltarmos: em casos de suspeita de adulteração, é fundamental buscar a orientação de um especialista em mecânica automotiva (ou perito) para avaliar o veículo e documentar qualquer evidência de alteração na quilometragem.

Como regularizar a quilometragem de um veículo?

um homem está sorrindo e olhando para trás enquanto se mantém com as mãos no volante de um veículo

Após uma vistoria reprovada por quilometragem, é importante procurar ajuda especializada no assunto, como mecânicos e órgãos competentes.

Se você teve a vistoria reprovada por quilometragem, também pode estar se perguntando: afinal, como regularizar a situação do veículo? Para isso, reunimos um passo a passo que pode te ajudar. Confira:

  1. Documentação e provas: Reúna todos os documentos relacionados ao histórico do veículo, incluindo registros de manutenção, notas fiscais, relatórios de inspeção e qualquer outra documentação que possa comprovar a quilometragem real do veículo. Essas provas podem ser fundamentais para resolver a situação.
  2. Consulte um mecânico: Levando o veículo até um profissional de sua confiança será possível verificar o estado geral do veículo (incluindo o hodômetro) e fornecer uma declaração por escrito sobre a quilometragem.
  3. Verifique o hodômetro: Se o hodômetro do veículo estiver com problemas, como um contador quebrado ou desgastado, será necessário repará-lo ou substituí-lo. Um mecânico qualificado pode realizar essa tarefa e fornecer documentação que comprove o reparo.
  4. Informe ao DETRAN: Entre em contato com o DETRAN ou a autoridade de trânsito local e explique a situação. Eles podem orientá-lo sobre os procedimentos necessários para regularizar a quilometragem do veículo.
  5. Nova vistoria: Dependendo das instruções do DETRAN, você pode ser instruído a agendar uma nova vistoria no veículo. Certifique-se de que todas as informações estejam corretas e de acordo com a documentação que você reuniu.
  6. Atualize os registros: Após a aprovação da nova vistoria e a regularização da quilometragem, atualize todos os registros do veículo, incluindo o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).
  7. Aconselhamento jurídico: Em casos complexos, em que a vistoria reprovada por quilometragem é acompanhada de uma suspeita de fraude, é aconselhável buscar orientação jurídica para proteger seus direitos e garantir que a regularização seja feita corretamente.

Como pudemos ver ao longo deste artigo, a vistoria cautelar pode ser garantia de uma transação justa e segura, sendo realizada em veículos usados que estão em processo de venda. Pode ajudar a prevenir problemas tanto para quem está comprando, quanto para aqueles que buscam vender seus veículos usados, tendo participação direta de empresas especializadas ou órgãos de trânsito competentes.

Nesse sentido, a vistoria reprovada por quilometragem deve ser sempre acompanhada em parceria com o DETRAN e o serviço profissional de sua confiança.

Quando falamos de carros usados, inclusive, um outro aspecto muito importante (e que pode te livrar de dores de cabeça que atrapalham o dia a dia) é realizar a manutenção com a frequência ideal, buscando entender, dentre outros problemas, se a bateria deve ser trocada.

A boa notícia é que para realizar essa troca você pode contar com uma equipe especializada, que está por perto em qualquer cidade que estiver: com mais de 50 mil pontos de revenda, optar pela qualidade Moura na hora de realizar uma troca é garantia do melhor desempenho para seu carro usado.

E quando se trata da segurança e confiabilidade, o delivery oficial da Moura também não te deixa na mão: na rodovia ou na cidade, se a bateria acabar o Moura Fácil faz a nova instalação em até 50 minutos!

Seja na hora de revisar o carro ou no imprevisto de uma bateria que acabou, a Moura resolve pra você!


Compartilhe essa matéria

Notícias relacionadas

Destaque

Vistoria reprovada por quilometragem: o que fazer?

Uma vistoria reprovada por quilometragem acontece através da vistoria cautelar – um procedimento fundamental na compra e venda de veículos

Leitura: 0 min

Assine nossa newsletter

Moura

0800 701 2021

© 2024 - Acumuladores Moura S.A.

Todos os direitos reservados.Termos & Condições

A Moura

  • Sobre
  • Inovação
  • Cultura
  • Governança Corporativa
  • Certificações
  • Sustentabilidade

Carreiras

Serviços

Blog

Moura Fácil

Produtos