Adolfo Medeiros não nega um conselho. Sempre que tem a oportunidade, chega junto, escuta e compartilha suas histórias, especialmente com novos colaboradores do Grupo Moura. Em nove anos e meio de empresa, pode afirmar, como poucos, conhecer a essência da organização, atuando em diversos setores – de processos de exportação e importação a relacionamento direto com grandes clientes. É movido por desafios. Começou como estagiário no Departamento de Comércio Exterior e alcançou o atual cargo de gerente de Produto do Departamento Comercial de Reposição.

“No dia-a-dia, não tem essa de cargo, posição hierárquica. Somos uma empresa formada por pessoas, cada uma com conhecimentos fundamentais para contribuir com a jornada do outro e, juntos, com a evolução da Moura. Gosto de cultivar relacionamentos, ouvir, fortalecer vínculos e orientar”, ensina.

Com 30 anos e em um posto de liderança, Adolfo não titubeia em afirmar que muitos dos seus objetivos pessoais hoje se misturam com visões de futuro da Moura. “Minha história se confunde com a da empresa. Tudo que conquistei, degrau por degrau, foi fruto da minha jornada na Moura. Por isso me sinto tão feliz em compartilhar com novos profissionais o potencial de crescimento que a empresa oferece”, conta.

Seu mais recente desafio é conduzir o Comitê Digital, envolvendo inúmeras áreas da empresa. “Uma área completamente nova para mim. Mas a Moura é assim: quando você mostra disposição, ela acredita muito em você. Cada missão dada torna o trabalho aqui mais apaixonante. Só não pode imaginar que vai encontrar todas as caixinhas prontas e certinhas. Aqui é preciso se empolgar e quebrar paradigmas”, declara.

Foi assim quando precisou se mudar do Recife (PE), onde se formou e iniciou sua vida profissional, para Lauro de Freitas (BA) e liderar o atendimento de uma grande montadora de automóveis. Período em que intercalou com um intercâmbio no Canadá para aprimorar os conhecimentos em uma segunda língua e melhorar o relacionamento com os consumidores corporativos. Ou quando foi direcionado a se aprofundar mais no universo de logística para estar mais preparado para a coordenação de Vendas e Serviços ao Cliente.

“Recebi muito apoio, de vários gestores. E hoje entendo que é meu dever compartilhar o que sei e me colocar à disposição para ajudar os novos profissionais Moura a conquistarem seus objetivos”, reforça, citando com enorme naturalidade os nomes de todos os colegas que contribuíram com seu crescimento e preceitos estabelecidos na Cultura Empresarial Moura (CEM) que Adolfo hoje reconhece estarem consolidados na sua vida.