O módulo de injeção surgiu no Brasil em 1988. Os veículos GTI e Santana Executivo da Volkswagen e os Chevrolet Kadett GSI e Monza MPFI foram os primeiros a receberem esse módulo. Hoje, todos os automóveis possuem o sistema que tem como principal objetivo reduzir a poluição emitida pelos carros

Mas o que é o módulo de injeção e qual é a sua importância? Neste post, você vai entender um pouco mais sobre esse sistema que é essencial para o veículo. Ficou interessado? Acompanhe a leitura! 

O que é módulo de injeção?

O módulo de injeção eletrônica também é conhecido como módulo de controle do motor (ECM). Atualmente, todos os carros modernos possuem esse módulo. Ele funciona como um computador principal que gerencia muitas funções do automóvel, como dirigibilidade e desempenho. 

O que é um módulo de um carro?

Já o módulo eletrônico de um carro é uma unidade de controle eletrônico que processa os sinais recebidos de sensores e outros módulos. Esses sensores podem estar localizados nos freios, pedais, na direção do automóvel ou em qualquer outro dispositivo. 

Para que serve o módulo de injeção eletrônica?

O módulo de injeção serve para reduzir a poluição emitida no ar. No entanto, para que ele funcione, a combinação entre combustível e ar em todas as faixas de rotação deve funcionar. 

Além disso, o procedimento é feito por etapas. Assim, ao dar a partida no motor, os pistões sobem e descem. Em seguida, a unidade de comando receberá um sinal do sensor de rotação.

Logo, é gerado um vácuo na atmosfera e o coletor que passará pelo medidor de ar e pela borboleta de aceleração é aspirado. Por fim, a unidade de comando receberá a informação do medidor sobre o volume de ar admitido e assim, a relação de combustível e ar será permitida. 

O que faz o módulo de injeção queimar?

mecânico verificando o sistema de injeção do carro

Confira os principais fatores que fazem o módulo de injeção queimar.

 

Existem alguns fatores que podem fazer o módulo de injeção eletrônica queimar. Confira quais são eles:

Falta de alimentação elétrica 

A falta de alimentação elétrica pode provocar problemas na partida do automóvel e, consequentemente, queimar o módulo de injeção. 

Por isso, você deve ficar de olho na bateria automotiva para saber se ela está em boas condições

Problemas nos fusíveis e na fiação

Fusíveis queimados e fiação defeituosa são dois grandes problemas para o módulo de injeção. E isso é comum nos carros modernos. Inclusive, em muitos casos, pode ocorrer curto circuito por causa da ação humana. 

Uma pessoa, por exemplo, pode cortar sem querer um fio e assim prejudicar o módulo de injeção. 

Defeitos nos relés

Os defeitos nos relés também podem causar problemas no módulo de injeção. Os relés são pequenos componentes que controlam a comunicação entre o módulo e os sensores, atuadores e outros itens. 

Portanto, levar o automóvel à uma oficina é a melhor maneira de evitar que o módulo de injeção queime. 

Como saber se o módulo de injeção queimou? 

mecânico com uma prancheta na mão sobre o capô de um carro

É importante que a verificação seja feita por um profissional especializado.

Para saber se o módulo de injeção queimou, verifique os seguintes sinais em seu automóvel:

Luz de injeção acesa

Quando a luz de injeção se acende é sinal que há algum problema no módulo de injeção do veículo. Isso também significa que o computador detectou alguma coisa nos sensores, circuitos defeituosos e atuadores do automóvel. 

No entanto, pode acontecer de uma luz do mecanismo de verificação acender por engano. Entretanto, um profissional especializado poderá usar um aparelho para detectar se realmente a luz acesa é sinal de falhas no módulo de injeção ou não.  

Motor parado ou com falhas

O motor parado ou com falhas também pode fazer o módulo de injeção queimar. E isso pode acontecer dia sim ou não. No entanto, caso você note falhas no motor do seu automóvel, o melhor a se fazer é levar o veículo à uma oficina mais próxima da sua casa. 

Problemas no arranque 

O carro não arranca? Isso pode queimar o módulo de injeção. Quando a injeção eletrônica falha, o veículo não tem mais o gerenciamento do motor. Com isso, você terá problemas no sistema. 

No entanto, a falha na injeção também pode ser causada por outros fatores que só o mecânico poderá te dizer. Por isso, a melhor dica que a Moura pode te dar é levar o automóvel em uma oficina ou auto center para uma boa revisão

E não se esqueça, na hora que você precisar de uma boa bateria automotiva, pense sempre no mourafacil.com. O serviço de bateria da Moura leva a peça no local que você precisar e garante uma boa bateria para o seu módulo de injeção.

 

Quer ler mais conteúdos como esse? Acesse o nosso próximo post e saiba como funciona o piloto automático!