O Grupo Moura inova mais uma vez em seu trabalho de desenvolvimento de pessoas e, em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi em Pernambuco (IEL-PE) e o Centro de Integração Empresa-Escola em Pernambuco (CIEE-PE), lança a Academia dos Estagiários. O programa de educação corporativa, lançado nesta quarta-feira (26) é voltado para 125 estudantes que atuam como estagiários do time Moura. Traz como disciplinas: Cultura e Gestão Moura, Kaizens (propostas de melhorias contínuas), Papel do Estagiário, Postura Profissional, Inteligência Emocional e Planejamento de Carreira.

“É um Programa desenhado para transmitir conhecimentos e despertar habilidades essenciais para o bom desempenho da função, garantindo assim sucesso aos desafiadores projetos que temos pela frente. Queremos potencializar os talentos dos nossos jovens colaboradores. O desenvolvimento de pessoas é chave para o sucesso do Grupo Moura. E acreditamos que a educação corporativa é revolucionária e eleva o profissional em todos os aspectos”, destaca o Gerente Geral de Pessoas da Divisão Automotiva Brasil do Grupo Moura, Osenir Virlandio.

A Academia dos Estagiários terá seis meses de duração e tem na formatação de um Kaizen o seu produto final. As propostas serão avaliadas por um Grupo Técnico e a melhor receberá o Prêmio Moura de Estágio, reconhecimento que será compartilhado em toda a empresa.

“Nosso programa de estágio tem rendido resultados importantíssimos para o desempenho da empresa. Além de prezarmos pelo respeito aos profissionais que estão no início de sua jornada, tratamos eles de maneira igual a todos os demais colaboradores. Estagiário na Moura tem nome e sobrenome, tem líder, tem meta. Ao tratarmos o estagiário dessa forma, apresentando a ele todo o funcionamento da área, a oportunidade para conhecer a organização, metas claras e objetivas, ajudamos na jornada de se identificar com sua profissão e traçar um projeto de vida”, destaca Osenir.

Em sua história de desenvolvimento de pessoas, o Grupo Moura apresenta inúmeros casos de diretores, gerentes, chefes de produção, supervisores e coordenadores, dentre outros cargos de liderança e operação, que iniciaram suas jornadas na empresa através do estágio.