Durante o IV Fórum de Líderes pela Sustentabilidade, o diretor de Metais e Sustentabilidade da Moura, Arnolfo Menezes, recebeu o prêmio de Liderança Sustentável, na categoria setor privado. O evento reuniu representantes de diferentes segmentos para debater empreendedorismo, inovações e cidades sustentáveis, na Facipe, no Recife.

A premiação reconhece o trabalho de pessoas que incentivam ou executam práticas sustentáveis que dialogam com um ou mais dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. O Grupo Moura tem como um dos seus pilares a sustentabilidade. Além de reciclar 100% das suas baterias vendidas, a Moura também tem uma preocupação importante com a redução do consumo de água.

Nos últimos três anos, a empresa conseguiu a redução de 36% do consumo de água. A meta é que em cinco anos consiga reduzir 50% do consumo de água em suas operações industriais. É um plano arrojado, adotado pela companhia como contribuição para o equilíbrio hídrico de uma das regiões nordestinas com mais alta escassez de chuvas regulares e que, desde 2011, enfrenta colapso em 60% de seus principais reservatórios, em uma das maiores secas da história.

O trabalho de redução de consumo envolveu amplo diagnóstico em todas as unidades operacionais, instalação de uma nova Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) e a implantação de sistemas e práticas de reutilização, em um investimento conjunto de R$ 8,5 milhões.

Dessa forma, a Moura, além de investir forte em inovação e produtos confiáveis, também está cuidando do planeta. Conheça um pouco mais sobre os projetos de sustentabilidade da Moura aqui.