O sistema start-stop funciona, basicamente, para desligar o motor do automóvel automaticamente quando ele pára e ligá-lo de volta instantaneamente quando o condutor deseja movimentar o veículo novamente. 

O objetivo desse mecanismo é reduzir o consumo de combustível, podendo chegar em uma economia de até 10% do consumo médio, e reduzir a emissão de gases poluentes na atmosfera — sendo bem aceito no mercado por essas razões. 

Sabemos que alguns usuários já se encontraram em situações em que o sistema start-stop parou de funcionar, pensando em abordar ainda mais esse mecanismo preparamos o conteúdo que preparamos a seguir!

Como funciona o start-stop?

Além do modo de operação já citado, o sistema start-stop proporciona maior segurança e conforto para os passageiros e condutores, já que o carro fica mais silencioso. Isso se dá pois a diminuição do ruído do motor garante uma vida útil mais longa para o componente. 

A tecnologia não interfere, ainda, no sistema elétrico do veículo. Os aparelhos de som, travas e vidros elétricos permanecem em pleno funcionamento. Somente em alguns modelos de automóveis é que o ar condicionado pode sofrer interferência do start-stop: o equipamento passa a ventilar e não mais gelar, com o carro desligado.

Uma informação importante é que o sistema start-stop pode ser desligado a qualquer momento, na maioria dos modelos de automóveis. Caso o motorista não veja necessidade em sua utilização, ele pode desativá-lo, conferindo os procedimentos e informações necessárias através do manual do proprietário.

No nosso canal no Youtube, você pode conferir em detalhes todos os benefícios da tecnologia start-stop.

Sistema start-stop parou de funcionar: causas

Embora seja muito eficiente, alguns fatores climáticos e de uso do automóvel podem fazer com que o mecanismo falhe no dia a dia, gerando preocupações no condutor. Mas não se preocupe! Sistema start-stop parou de funcionar? A seguir listamos alguns motivos que podem ter feito isso acontecer, confira:

Temperatura do motor

O calor excessivo presente no ambiente pode causar sobreaquecimento da rede mecânica do automóvel. Por essa razão, a tecnologia start-stop manterá o motor ligado sob temperaturas acima de 30ºC, buscando evitar estragos no motor.

Além disso, o sistema também não funciona logo quando o motorista tenta sair com o carro, ou seja, quando o motor está frio. Isso se dá pois ligar e desligar o veículo com o propulsor não estando na temperatura ideal de funcionamento gera um maior consumo de combustível — o que é contrário ao objetivo do sistema.

Bateria

Para que o sistema start-stop funcione, é preciso que a bateria esteja saudável e acima dos 50% de carga. Se ela estiver com algum defeito ou com o tempo de vida chegando ao fim, o veículo desliga a funcionalidade start-stop, já que ligar e desligar o automóvel exige bastante deste componente.

É importante ressaltar que existe uma diferença entre baterias comuns e as voltadas para carros com sistema start-stop. As baterias Absorbent Glass Mat (AGM), ou manta de fibra de vidro absorvente, em português, são destinadas a automóveis de alta performance. 

Ela possui como principal característica uma absorção integral dos eletrólitos (solução ácida) em seus separadores, o que evita a degradação e o derrame de líquido — como ocorre nas baterias comuns.

Existem também as baterias Enhanced Flooded Battery (EFB), ou baterias convencionais melhoradas, em português. Elas são uma evolução das baterias convencionais (SLI) e são utilizadas em automóveis que precisam de cargas rápidas em decorrência da necessidade de múltiplas partidas ao longo da viagem. 

Para saber mais sobre os tipos de baterias start stop, confira nosso post sobre esse assunto. Outra dica importante é: para saber qual é a bateria ideal para cada modelo de automóvel e como se dá sua manutenção e troca, deve-se consultar o manual do veículo.

Uso do cinto de segurança

O sistema start-stop é integrado com sensor de presença do automóvel. Sendo assim, caso o motorista não esteja utilizando o cinto de segurança e tente dar partida no carro, o veículo não ligará

Essa é uma das formas das marcas de carro obrigarem o condutor a seguir o Código da Estrada e as regras de segurança. Nessas situações, para fazer o sistema funcionar, basta colocar o cinto de segurança.

Outras questões de segurança

tráfego intenso de carros em avenida movimentada

O sistema start-stop funciona baseado em inteligência para proporcionar o melhor aproveitamento das situações que o trânsito nos proporciona.

Além do cinto de segurança, o sistema start-stop também não funciona em situações em que ele entende que não é seguro e adequado desligar o motor, como em ladeiras íngremes, por exemplo. 

Além disso, ao realizar manobras — a exemplo da baliza no momento de estacionar — a tecnologia reconhece que não é preciso entrar em funcionamento nessa ocasião.

De qualquer forma, devemos lembrar que o sistema start-stop é uma tecnologia de inteligência. Sendo assim, é programado para garantir a segurança na direção e, principalmente, não deixar o motorista na mão. 

Caso algum aspecto da sua tecnologia falhe por demasiado tempo, é recomendado que o start-stop seja desligado e o carro seja levado a uma oficina. Pode se tratar de um simples mau funcionamento do sistema, que pode ser corrigido, ou algo mais grave, a depender de cada situação. 

Gostou do conteúdo acima? Para mais informações a respeito do universo automotivo, acesse nosso blog e, se precisar trocar de bateria, já sabe, né? Acesse o nosso site e conte com os melhores produtos do mercado!