Uma das peças mais importantes do automóvel é o radiador. Ele impede o superaquecimento do motor e o mau desempenho da peça. 

Por isso, um radiador furado pode causar vários problemas no veículo, inclusive fundir as peças do motor. 

No entanto, o que causa o radiador furado e o que acontece se você não resolver o problema da peça? 

Neste post, vamos responder essa e outras perguntas. Quer aprender tudo com a Moura? Leia nosso artigo! 

 

O que causa o radiador furado?

O radiador trabalha com água desmineralizada e aditivada. Por isso, se você usar a água com — aquela da torneira — com o passar do tempo, poderá ocorrer uma corrosão. Outra causa do radiador furado são os impactos de detritos causados pela alta velocidade do automóvel. 

 

O que acontece se o veículo continuar com o radiador furado?

Além de comprometer a refrigeração do motor, fazendo com que ele trabalhe em altas temperaturas, o radiador furado dilata os componentes do automóvel. Ele também aumenta o desgaste e derrete as peças, como a junta do cabeçote. 

Portanto, não se pode consertar o radiador de qualquer maneira. É preciso contar com o trabalho de um bom mecânico para fazer esse tipo de serviço e evitar futuras rachaduras na peça.

 

Como consertar o radiador do automóvel? 

Para consertar o radiador furado, o mecânico deverá:

 

Identificar o vazamento do radiador 

É importante observar a temperatura do automóvel. Caso ela esteja alta, poderá ser um sinal de radiador furado. Em seguida, verificar se há poças de água debaixo do veículo. Esse é um sinal clássico de radiador furado.

 Também é importante verificar o nível de reservatório fluído. Se estiver baixo é sinal de vazamento no radiador e por último, inspecione o compartimento do motor e verifique se há alguma irregularidade na peça.  

 

Localizar o vazamento 

Em segundo lugar, é preciso localizar o vazamento no radiador. Para isso, deixe o motor esfriar. Depois, o mecânico deverá abrir o capô e em seguida esperar algumas horas para começar o trabalho. 

Com o equipamento de proteção adequado, o profissional poderá verificar o radiador.  Para isso, ele fará uma inspeção debaixo do veículo. Assim, com o auxílio de uma mangueira será possível localizar o vazamento no radiador do automóvel. 

 

Reparar o radiador furado 

Para reparar o radiador furado é importante usar um selante comercial. Há no mercado vários. Depois de escolher o melhor selante, o mecânico deverá remover a tampa do radiador e despejar o produto no sistema de arrefecimento. 

Caso haja pouco líquido no sistema, ele poderá ser completado com fluido de arrefecimento e água. É importante colocar a tampa no radiador para depois ligar o motor. Assim, o vazamento será fechado de acordo com a passagem do selante. 

Para as rachaduras visíveis, o mais indicado é usar epóxi. Assim, o mecânico identificará a rachadura e poderá limpar a área ao redor dela, para que nenhuma sujeira prejudique o trabalho. 

mecânico embaixo do carro

É fundamental buscar ajuda de um profissional se o seu carro estiver com o radiador furado, já que este problema pode acarretar outros.

Verificar o conserto 

E, por último, você deverá verificar o conserto. Independente do método utilizado para resolver o problema do radiador furado, é importante verificar se o serviço deu certo. Para isso, deixe o mecânico trabalhar e depois pergunte a ele sobre o trabalho realizado. 

Em seguida, o profissional terá que dirigir o automóvel para testá-lo e ver se ainda há sinais de vazamento. Desta forma, se tiver algum problema, os testes deverão continuar para identificar a origem do vazamento. Pode haver outras situações que causam o radiador furado. 

Por isso, se o conserto não der conta, o mecânico deverá  identificar se há outros problemas e repetir o processo.

 

Trocar o líquido

Após reparar o radiador furado, o mecânico deverá trocar todo o líquido da peça. Para isso, é necessário usar água desmineralizada e aditivo nas proporções e especificações do manual do proprietário do automóvel. 

 

Quanto custa pra arrumar um radiador furado?

Isso depende do serviço realizado na oficina mecânica. No entanto, em geral, a revisão do radiador pode custar a partir de R$120,00. Nesta revisão será feita a limpeza de todos os componentes e, também, a reposição do líquido de arrefecimento com os aditivos necessários. 

Neste serviço, são verificados o estado de conservação das peças do sistema e a ocorrência de eventuais vazamentos. Assim, é preciso verificar se as mangueiras estão rachadas para trocá-las. Essa despesa pode custar até R$320,00.

Já se você tiver que trocar o radiador devido ao acúmulo de sujeira ou furos, poderá gastar de R$240,00 a R$1800,00.  

Como você viu neste artigo, várias podem ser as causas do radiador furado. No entanto, para evitar dores de cabeça e prejuízos com a peça, a nossa dica é que você faça a manutenção preventiva sempre que possível. Só assim você poderá economizar! 

Gostou do conteúdo? Além de ter cuidado com o radiador do seu automóvel, lembre-se de sempre ficar de olho na bateria automotiva. 

Afinal de contas, essa também é uma peça importante para o seu veículo. Entretanto, caso precise trocá-la, acesse o mourafacil.com e adquira uma nova peça!