Um dos sufocos mais comuns enfrentados pelos motoristas é o pneu murcho. Normalmente, carros que não recebem cuidados preventivos podem ter problemas como este. No entanto, como evitar e resolver essa situação?

Neste post, daremos algumas dicas que vão te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto. Quer tirar as suas dúvidas com a Moura? Siga com a leitura do nosso artigo! 

O que causa o pneu murcho? 

Carros podem ficar com o pneu murcho se você não calibrá-los corretamente. O problema também pode ser causado por algum objeto que possa perfurar a banda de rodagem do pneu. 

Geralmente, o pneu murcho ocorre quando o corte na banda ultrapassa 6mm.

O defeito pode estar relacionado a algum problema do veículo?

Não. O problema está relacionado com a falta de cuidado do motorista ao passar por buracos, locais onde há pedras pontiagudas ou pregos. 

A ausência de manutenção do automóvel também pode ser um fator. Por isso, toda vez que você sair para viajar, lembre-se de calibrar os pneus e não descuidar da manutenção preventiva.

Como saber se o pneu está murcho? 

Você pode observar o automóvel, apertar o pneu ou seguir as seguintes dicas da Moura: 

Verifique se há pressão nos pneus 

Geralmente, quem viaja precisa calibrar os pneus. Caso perceba que o pneu do automóvel está murcho, dê uma olhada na calibragem. Se estiver com baixa pressão é sinal de que o pneu está vazio. 

Observe a direção do automóvel 

Pneu murcho prejudica a direção do automóvel e torna a direção perigosa. Com isso, as entradas das curvas ficam lentas e desalinhadas porque falta aderência em contato com o solo

Em uma situação de emergência, isso pode ser prejudicial e causar acidentes graves. 

 

Verifique o consumo de combustível 

Outra situação que pode identificar o pneu murcho é o aumento no consumo de combustível. Caso note um aumento deste consumo, verifique como andam os pneus do seu carro.  

O que fazer quando o pneu do automóvel estiver vazio? 

Confira algumas das principais dicas: 

Observe se há algum dano 

Neste caso, uma reparação será necessária. Portanto, leve o automóvel até a oficina mais próxima e de confiança. Lá, o mecânico fará a desmontagem do pneu e a inspeção deste item. 

Realize o reparo  

No caso de ter um pneu murcho, o próximo passo será realizar uma restauração. O profissional colocará uma base de borracha para revestir a parte interna do pneu. No orifício também será feito um tipo de enchimento que resolverá o problema. 

Evite reparar pneus com furos grandes 

Não compensa reparar pneus com furos maiores que 6mm na banda de rodagem ou qualquer furo no flanco. 

Neste caso, o mais indicado é trocar o pneu por um novo. Afinal, você sempre deve pensar na sua segurança e dos seus familiares.

O que acontece ao andar com o pneu murcho?

Hands of mechanic touching tyres in repair garage

Automóveis rodando com pneu murcho podem estar em perigo, já que a aderência do pneu ao solo fica prejudicada.

 

Confira alguns perigos de sair por aí com um pneu vazio:

Prejuízo à direção automotiva

Andar com o pneu murcho é perigoso tanto para o motorista, quanto para os passageiros do veículo. Isso porque a baixa pressão do pneu afeta a direção do automóvel, principalmente nas curvas e na frenagens. 

Em curvas, por exemplo, o carro entra de forma lenta e desalinhada, já que há falta de aderência ao solo. Esta condição pode ser muito perigosa em situações onde é preciso uma movimentação rápida com os pneus.

 

Aquaplanagem

A aquaplanagem ocorre durante os dias chuvosos e as pistas ficam molhadas, tornando o atrito entre o pneu e o solo muito mais difícil. 

Nesses casos, mesmo quem possui pneus em bom estado acaba precisando redobrar a atenção na hora de dirigir. Se o pneu do seu carro está murcho, o risco de aquaplanagem aumenta ainda mais, podendo causar acidentes graves.

Como calibrar o pneu murcho? 

Aprenda o passo a passo:

1. Calibre o pneu com o carro vazio

No caso de automóveis que precisam levar bagagens ou passageiros, calibre os pneus com o automóvel vazio, sem passageiros e sem malas de viagem. 

2. Encha os quatro pneus

Encha os quatro pneus em uso e não se esqueça do estepe. É importante prevenir, principalmente em viagens. 

3. Veja se a pressão está adequada 

A pressão é medida em PSI, que significa Libras por Polegada Quadrada. Dependendo do modelo do automóvel, ele terá uma determinada pressão. 

Em geral, os automóveis apresentam como regra a medida de 30 libras, sendo que as exceções são carros que utilizam pneus de alta performance ou de luxo.

Essa informação pode ser verificada no próprio manual do veículo.

4. Evite medida maior do que a indicada

Na hora de calibrar o pneu, evite uma medida maior que a indicada. Portanto, sempre dê uma olhadinha na indicação do manual do proprietário do veículo ou pergunte ao mecânico com a pressão indicada para o seu modelo de automóvel. 

Nunca ande abaixo do determinado, pois isso poderá prejudicar o pneu. Além disso, tornará a direção do veículo ainda mais pesada. 

 

Como você viu, é importante ficar de olho nos pneus e realizar manutenções preventivas, para que todos os componentes do veículo estejam sempre em bom estado!

E quando precisar de bateria, já sabe que o MouraFácil.com oferece as melhores baterias automotivas do mercado, com entrega e instalação gratuita! Confira:

 

Botão CTA