Blog

Carreiras

Blog
Moura
chevron-right

Por que é tão perigoso dirigir com pneu careca?

Por que é tão perigoso dirigir com pneu careca?

pneu-careca
Leitura:4 min
Compartilhe:compartilhe pelo whatsapp

 

Por que é tão perigoso dirigir com pneu careca? Você sabe quais os riscos e penalidades que essa prática pode trazer ao condutor?

Além da possibilidade da aplicação de multas, quem guia com pneu careca ainda coloca sua segurança e dos demais passageiros e condutores em risco. O problema, aliás, é bem mais comum do que se imagina.

Mas você sabe quais os principais riscos que isso pode ocasionar? Neste artigo explicamos porque é tão perigoso dirigir com pneu careca. Confira!

Qual a importância do pneu no veículo?

Antes de falarmos sobre os perigos de dirigir com pneu careca, é preciso saber qual a importância desse componente para o veículo.

Em resumo, os pneus são responsáveis por auxiliar no contato do veículo com o solo, trazendo estabilidade na direção.

Assim, é de grande importância que eles estejam em perfeitas condições, garantindo toda segurança e estabilidade que o motorista necessita para guiar. Além disso, é importante destacar que dirigir com pneus em boas condições de uso traz também um desempenho melhor para o seu veículo.

A durabilidade dos pneus

Por ser um componente indispensável para o seu carro, é importante manter os cuidados com o pneu.

Para isso, é importante sempre utilizar o modelo mais adequado, com as características corretas para o seu automóvel. Deixar de optar pelo pneu certo também pode ocasionar riscos e gastos para o motorista.

Escolher o modelo certo significa garantir que o pneu possa rodar durante toda sua vida útil, que é de aproximadamente 50 mil quilômetros. Contudo, é sempre importante se atentar para o desgaste e durabilidade do componente.

Com o tempo, esse desgaste acaba por ser maior, fazendo com que os pneus percam a sua utilidade. Isso, aliás, é um dos perigos de dirigir com pneu careca.

Perigos do pneu careca 

Guiar com pneus em péssimas condições de uso traz riscos enormes para o motorista, passageiros e outros condutores. Veja alguns desses perigos:

Aquaplanagem e derrapagem

Esse risco se deve ao fato de o componente perder sua capacidade de aderência. Com isso, existe um risco real de que o seu veículo esteja mais suscetível à aquaplanagem e derrapagem. 

Isso acontece devido a falta de aderência dos pneus  ao solo, fazendo com que a frenagem seja prejudicada em condições de pista molhada.

Dessa forma, sem a sua característica de tração, o pneu careca faz com que o veículo perca estabilidade, sendo mais difícil manter o controle, o que aumenta os riscos de acidentes.

Vista frontal de uma estante vermelha de três andares com pneus carecas.

Observe a diferença entre um pneu novo, com os sulcos mais profundos, e um pneu careca, já desgastado pelo tempo de uso.

Tempo maior de frenagem

Outro dos perigos em dirigir com pneu careca é o maior tempo de resposta na frenagem. Sem a estabilidade e contato com o solo, o poder de desaceleração é bem menor, especialmente em pistas onde o atrito com o solo é prejudicado.

Com isso, a distância necessária para que o veículo possa efetivamente parar é maior, atrapalhando o trabalho de outros componentes, como freios e embreagem.

Isso também ocasiona uma instabilidade na direção, o que compromete a dirigibilidade do automóvel.

Acidentes de trânsito

É possível dizer que um dos maiores perigos do pneu careca é o aumento das chances de acidente. Guiar com pneus desgastados e sem aderência implica em uma dificuldade ao realizar frenagens.

Desse modo, manobras emergenciais podem ser prejudicadas, fazendo crescer os riscos de batidas e acidentes de trânsito mais graves.

Infração e multa para pneu careca

Por último, também vale destacar que dirigir com pneu careca implica em uma infração de trânsito grave. O artigo 230 do Código de Trânsito considera infração “conduzir veículo sem equipamento obrigatório ou estando este ineficiente ou inoperante”.

Assim, não só pneus carecas, mas também qualquer outro equipamento que não esteja nos parâmetros adequados é passível de 5 pontos na carteira e multa de R$195,23. O mesmo vale também para o estepe.

Caso os pneus se encontrem em estado crítico de uso, ainda exige a chance de que o veículo seja apreendido, porque o carro não pode ser guinchado. Viu só como o prejuízo não compensa?

Como identificar se o pneu está careca? 

Para evitar os perigos de conduzir com pneu careca e ser multado ou causar um acidente ainda mais grave, o ideal é que você saiba identificar quando é necessário fazer a troca desse componente.

A melhor forma de fazer isso é conferindo as bandas de rodagem do próprio pneu e seus sulcos (os vincos no pneu). O Conselho Nacional de Trânsito indica que a profundidade mínima dos pneus deve ser de 1,6 milímetros.

Para fazer uma avaliação, observe semanalmente se não há desgastes ou bolhas nas laterais da borracha. De maneira prática, coloque uma moeda de R$1 nos sulcos, que possui exatamente 1,6mm de espessura. Se a borda dourada da moeda ficar muito à mostra, é hora de trocar os pneus.

Há também alguns sinais que podem ser percebidos no uso diário do carro, são:

  • perda da estabilidade do veículo;
  • dificuldade na condução do automóvel;
  • maior tempo para conclusão da frenagem;
  • identificação de inchaços ou “bolhas”, na lateral do pneu;
  • aumento nas vibrações do volante.

Cuidados para evitar pneu careca

Apesar de a manutenção dos pneus não ter um custo alto ou ser trabalhosa, muitos condutores não prestam atenção a esses componentes. Para isso, basta calibrá-los uma vez por semana com a pressão indicada pelo fabricante.

A dica é calibrar os pneus com o carro ainda frio, geralmente no começo do dia e uma vez por semana. Se na semana seguinte você observar que um pneu esvaziou mais do que os outros naquele período, pode ser um indicativo de algum problema.

E para mais dicas sobre os principais cuidados com seu veículo, confira Moura Fácil!


Compartilhe:
compartilhe pelo whatsapp

Notícias relacionadas

Bateria Solar

Sistema Off-grid x On-Grid: qual a diferença e como funcionam?

A energia solar tem se destacado como uma das principais fontes de energia renovável, trazendo inúmeros benefícios para o meio...

Leitura: 0 min

Assine nossa newsletter

Moura

0800 701 2021

© 2024 - Acumuladores Moura S.A.

Todos os direitos reservados.Termos & Condições

A Moura

  • Sobre
  • Inovação
  • Cultura
  • Governança Corporativa
  • Certificações
  • Sustentabilidade

Carreiras

Serviços

Blog

Moura Fácil

Produtos