Uma das peças mais importantes para o funcionamento do automóvel é o cilindro de freio. Mas você sabe para quê ele serve? 

Em linhas gerais, essa peça fica localizada dentro do capô do carro e é responsável por acionar os freios do veículo.

Porém, existem alguns detalhes que talvez você não saiba!

Então, quer saber mais sobre cilindro de freio? Se você é daquelas pessoas que gostam de mecânica automotiva, continue com a gente

 

A Moura preparou um conteúdo todo especial para você! 

 

O que é cilindro de freio? 

Você pode chamar o cilindro de freio de cilindro mestre de freio. Os freios dos carros com um sistema a tambor são acionados por esse cilindro. 

Quando você pisa no pedal, os pistões da câmara interna do cilindro pressionam o fluido. Em seguida, o líquido é distribuído por todo o sistema hidráulico do carro até chegar às lonas e às pastilhas de freio nas rodas. 

 

Para que serve o cilindro de freio?

Como já adiantamos neste artigo, o cilindro de freio aciona a pressão hidráulica dos freios. Essa parte do automóvel é composta por pistões que fazem pressão no fluido de freio, distribuído para as pinças e cilindro através das tubulações e mangueiras do carro

 

Qual o valor do burrinho de freio?

O valor do burrinho de freio varia de acordo com o ano e o modelo do automóvel. Há peças que você pode encontrar de R$ 45,00 a R$350,00. Em carros como o Gol, por exemplo, nas séries G2, G3 e G4 o burrinho de freio pode custar um pouco mais de R$ 100,00. 

 

Quais problemas o cilindro de freio pode apresentar?

 

Veja os principais problemas do cilindro de freio:

  • Pedais que cedem

Se o pedal dos freios do seu automóvel baixam até o assoalho pode ser sinal de problema no cilindro de freio. Isso acontece quando você aciona o pedal. 

Além disso, é perigoso porque você passa a não ter eficiência na frenagem. 

Assim, você pode ver defeito no pedal com o carro parado no semáforo. No entanto, você deve saber que para chegar a esse diagnóstico é preciso avaliar outras características no sistema de freios como as pinças, o módulo do ABS e as lonas traseiras. 

Caso as peças estejam boas é sinal que o problema realmente está no cilindro de freio. No entanto, se as peças apresentarem problemas, você deve tomar cuidado, pois o mecânico pode confundir o problema e “culpar” o cilindro de freio do seu automóvel. 

 

  • Fluído de freio no reservatório

Você deve revisar o fluído de freio no reservatório do cilindro mestre. Portanto, é importante observar o nível do fluido de freio e a sua conservação. Se o nível descer moderadamente é sinal que não há problemas com a peça e que esse é um desgaste gradual das pastilhas de freios. 

Neste caso, a dica é completar o reservatório, já que ao substituir as pastilhas, o nível de fluido retornará a sua posição normal.  

 

Como saber se o fluido de freio está vazando?

 

foto de um capô de carro aberto mostrando o compartimento do fluído de freio

Sempre fique atento ao nível do fluido de freio.

 

Em primeiro lugar, você deve ver se o nível de fluido de freio está abaixo do reservatório. Isto significa que há vazamento no sistema de freios. Nesse caso, o mecânico deverá completar imediatamente o fluido para evitar que haja risco de perda dos freios. 

Entretanto, a maioria dos automóveis possui um sensor de segurança. Essa peça aciona uma luz de alerta no painel quando o nível do fluido está abaixo do indicado. Assim, você verá essa lâmpada acesa quando acionar o freio de estacionamento. 

Outro detalhe que é preciso observar é o estado de conservação do fluido de freio. É normal o fluido absorver a água do ar e diluir-se perdendo as suas propriedades originais. No entanto, caso haja perda das propriedades do fluido, esse é um sinal de que ele se deteriorou com o tempo. 

 

Qual é a hora certa de trocar o cilindro de freio? 

O cilindro de freio precisa ser trocado quando há defeito nas guarnições de proteção contra o pó e quando você notar que o fluido de freio está abaixo do reservatório. Também é importante observar sinais de corrosão e se o pedal dos freios está abaixo do normal. 

 Não se esqueça de dar importância ao cilindro de freio. Afinal, se não for feita a manutenção e a troca corretamente, você poderá ter graves problemas com os freios do automóvel e comprometer a frenagem.

 

Qual é a vida útil da peça? 

A vida do cilindro de freio é determinada de acordo com o cuidado do automóvel. Ela pode durar mais de 100 mil quilômetros se você fizer a manutenção preventiva corretamente e a troca de fluido de freio a cada 10 mil quilômetros rodados do veículo.

 Viu como o cilindro de freio é importante para o automóvel? Agora que você já sabe, fique atento aos sinais de defeito da peça. Mas atenção: Qualquer sinal que te deixe em dúvidas em relação à saúde do seu freio, fale com seu mecânico de confiança.

 

Gostou do conteúdo? Saiba que além de verificar o freio, você precisa estar sempre atento aos outros sistemas do automóvel, como o elétrico. Caso encontre algum problema, fique de olho na bateria automotiva!