O Grupo Moura ampliou a iniciativa de doação de baterias para garantir o funcionamento de hospitais e seus equipamentos, como os respiradores utilizados no atendimento de pacientes graves do novo Coronavírus no Brasil. Das cerca de 1.500 baterias doadas no País, no Rio de Janeiro, receberão os equipamentos os Hospitais Souza Aguiar, Pedro Ernesto e o Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira – IPPMG, no Rio de Janeiro. As três unidades também receberão 2.600 escudos faciais (máscaras do tipo Face Shield), voltados para uso exclusivo dos profissionais de Saúde. Outra parte desses Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e de baterias automotivas serão doados ao Hospital do Corpo de Bombeiros fluminense. 

Para ajudar no enfrentamento do novo Coronavírus, a Moura já doou baterias para sete hospitais de São Paulo, Mato Grosso e Pernambuco. Os produtos são usados com aplicação em nobreak, servindo de backup em caso de queda de energia para abastecer as unidades de saúde e individualmente também nos respiradores. Cada respirador precisa de ao menos uma bateria para continuar funcionando. 

Os escudos faciais foram fabricados pela própria Moura, em seu polo produtivo de Belo Jardim (PE), a partir da adaptação de uma das suas linhas de produção. Ao todo, já foram doados mais de 50 mil EPIs no Brasil. 

Além dessas ações, a Moura também foi responsável pelo desenvolvimento e doação de 150 mil máscaras de tecido para população em todo país, Argentina e Uruguai. E doação de baterias para projetos e pesquisas de respiradores de baixo custo.