Cinco fábricas do Grupo Moura localizadas no complexo fabril da cidade de Belo Jardim (PE), maior polo produtivo de baterias da América do Sul, foram reconhecidas internacionalmente por suas práticas de prevenção de acidentes e gerenciamento de riscos. Depois de ter sido a primeira empresa do setor automotivo nacional a obter a certificação ISO 45001/18, no ano passado, a Moura consolidou em 2020 seus padrões de produtividade e bem-estar para os colaboradores, garantindo a recertificação em quatro plantas. E a Unidade 01, mais antiga do Grupo e dedicada à produção das baterias automotivas, obteve o reconhecimento pela primeira vez. A expectativa é que ainda em 2020 a nova unidade de baterias automotivas, a unidade 10 também seja certificada.

A certificação ISO 45001/18 comprova que, dentro da Moura, o Sistema de Gestão em Saúde e Segurança do Trabalho é de excelência e bem assimilado dentro da organização – das lideranças aos novos colaboradores.

“É um reconhecimento importante de que a Moura fornece locais de trabalho seguros e preza pela manutenção e aprimoramento de um sistema de gestão eficiente, orientado para atuar constantemente na prevenção à acidentes. Temos orgulho do conjunto de medidas que construímos, reforçando que na nossa cultura organizacional o respeito à vida é um valor inconteste”, celebra o diretor de Metais e Sustentabilidade, Arnolfo Menezes.

Investimentos constantes para melhoria de processos. Modernização de máquinas e equipamentos. E, ainda mais fundamental, treinamentos, capacitações e intercâmbio permanente de conhecimentos para disseminar comportamentos de prevenção e controle de riscos foram determinantes para consolidação e avanços segundo as normas da certificação neste início de 2020.

Em linhas gerais, a ISO 45001 é uma ferramenta que desenvolve as práticas de prevenção de incidentes, gerenciamento de riscos e capacitação das lideranças para disseminar regras, cuidados e ações que visem à preservação da saúde e integridade física dos colaboradores. Ela é um avanço em relação às normas existentes até então.