Utilizado no Brasil apenas em veículos de grande porte, como ônibus, caminhões e picapes, muitos motoristas têm dúvidas em relação ao motor a diesel. 

Diferentemente do que muitos acreditam, esse nome não vem do óleo diesel. O combustível foi assim batizado em homenagem ao seu criador, o engenheiro alemão Rudolf Diesel, no ano de 1893. 

A principal diferença entre o diesel e os demais combustíveis está no processo de combustão. Enquanto nos motores Otto (responsável pela queima de gasolina, etanol, flex, etc) é preciso de uma vela para que a combustão ocorra, nos veículos que utilizam diesel, apenas a compressão mecânica do ar, junto da injeção do combustível, é suficiente.

A seguir, preparamos um conteúdo especial para te explicar como funciona um motor a diesel, para que ele serve e qual seu valor de mercado. Confira as próximas linhas!

Como é o funcionamento de um motor a diesel?

O motor a diesel funciona, basicamente, como um aparelho responsável por converter energia térmica em energia mecânica. Mas antes de explicar como esse processo ocorre, é preciso entender como opera o ciclo de Otto de um motor.

Este é o ciclo termodinâmico mais utilizado nos motores dos veículos, realizando quatro principais funções: admissão, compressão, combustão e exaustão. E assim como no ciclo Otto, um motor a diesel também opera seguindo essas quatro etapas.

A diferença é que, com esse combustível especificamente, o processo de compressão é mais intenso, fazendo com que o diesel propriamente dito seja inflamado e que não haja a necessidade da utilização da vela de ignição do motor do veículo para isso.

Como funciona a queima do motor a diesel?

 

carro estacionado ao lado da bomba de gasolina

Para saber como funciona o motor a diesel, é preciso entender suas particularidades e sua história.

 

A queima do motor a diesel e sua combustão começa com a ignição do motor. Devido à compressão do ar, a temperatura na câmara se eleva, ocorrendo a combustão de tal modo que atinja o ponto de auto-inflamação do combustível. O diesel quando introduzido na câmara por meio de um injetor, entra em contato com o ar aquecido sofrendo a combustão. Por fim, o acelerador regulará a quantidade de combustível fornecida pela bomba e, consequentemente, a potência que o motor irá gerar.

É válido dizer que a queima do motor a diesel ou a combustão do mesmo ocorre internamente, tendo início a partir da ignição do motor do veículo — não sendo necessário a utilização de velas de ignição — o que garante mais simplicidade ao processo.

Dessa forma, a combustão que possibilita que o motor opere se dá através da etapa de compressão (pressão sobre o combustível que reduz seu volume). 

A seguir veja as etapas incluídas no processo de funcionamento do motor a diesel:

  • Admissão: o ar é para o interior do cilindro;
  • Compressão: por meio da redução do volume do combustível, eleva-se a temperatura no interior do cilindro;
  • Combustão: o diesel, então, é fragmentado em gotículas por meio do ejetor e, assim, mescla-se junto do ar com temperatura mais elevada e possibilita a combustão;
  • Exaustão: nesta última fase, todos os gases de combustão são expulsos do cilindro, finalizando o processo de queima do combustível — o qual chamamos de exaustão.

Para que serve motor a diesel?

Basicamente, a função de um motor a diesel consiste na transformação de energia térmica em energia mecânica. Mas, diferentemente dos outros combustíveis, o óleo diesel permite que a etapa de compressão seja muito mais elevada dentro do motor.

Dessa forma, não é necessário um sistema com velas de ignição para que essa fase do processo seja concluída com sucesso.

Além disso, vale destacar que esse tipo de motor é muito utilizado para veículos pesados, os quais necessitam de alto torque para mover suas cargas (que devem pesar pelo menos mil quilos). O motor a diesel possui um torque muito mais elevado do que aqueles que operam à gasolina ou etanol, por exemplo. 

Por que os carros de passeio não são a diesel?

Desde 1976, o Ministério da Indústria e Comércio criou uma lei que proíbe a utilização de motores a diesel em carros de passeio. Essa restrição foi feita devido à crise mundial de combustíveis e à poluição produzida pelo enxofre no diesel naquele tempo.

Até os dias atuais, o Brasil ainda não permite a utilização de motor a diesel para carros de passeio, priorizando o transporte de veículos como caminhões, ônibus, picapes com carga útil superior a 1.000 kg e utilitários com tração reduzida e 4×4 (como o Jeep Renegade).

A iniciativa ocorre com a proposta de priorizar o sistema que escoa produtos em solo brasileiro, visando proteger esse tipo de energia e, consequentemente, resguardar a economia do país.

Qual é o preço do motor a diesel?

O preço de um motor a diesel varia muito de acordo com suas especificações. No geral, podemos dizer que ele pode ser encontrado por uma larga faixa de preço, que varia entre R$ 3 mil e R$ 15 mil.

É possível converter um motor à gasolina em diesel?

Não. Como o motor a diesel não utiliza velas de ignição, seu ciclo de combustão se dá de modo diferente — por pressão. Por conta disso, reforçar um motor à gasolina para operar como o diesel é uma tarefa muito inviabilizada. 

Gostou do conteúdo acima? Para saber mais sobre o universo automotivo, acesse os outros posts do nosso blog!