Aqueles acostumados a dirigir, provavelmente, já se depararam com a situação da luz de freio de mão acendendo no painel do carro. Mas pior do que a luz acesa ao dar partida no veículo, é ela acender no meio do trajeto, não é mesmo? Afinal, se o motorista não sabe do que se trata, é comum haver um certo receio.

Para identificar esse problema, contudo, é fácil: aparece no painel do carro uma luz vermelha de segurança, geralmente indicada por um ponto de exclamação, o que implica que tem algo de errado no sistema do veículo.

Além da identificação do problema, a seguir, preparamos um conteúdo para te ajudar a entender melhor o sistema de freio de mão do veículo e um guia para resolver possíveis situações relacionadas a ele. Confira as próximas linhas!

Quando a luz do freio acende, o que pode ser?

A luz de freio de mão acendendo no painel pode significar três problemas no sistema do veículo, sendo eles:

  1. Baixo nível do fluido do sistema de freio: nesse caso, geralmente a luz de alerta tem o padrão de ficar piscando no visor à medida que o automóvel acelera e freia, indicando que o nível de fluido do sistema atingiu um nível muito baixo.
  2. Freio de estacionamento acionado: quando o carro é ligado, se o sistema de freio identificar algum problema, uma luz vermelha acenderá no painel, indicando que há alguma falha. Quando esta falha está relacionada ao freio de estacionamento, geralmente o alerta ocorre porque a alavanca do mesmo não foi “abaixada” de forma completa, ou seja, o freio de mão ainda está “puxado”.
  3. Falha no interruptor da alavanca: assim como a luz vermelha se acende quando o carro dá partida e o freio de mão está acionado, o mesmo pode ocorrer se houver uma falha no interruptor da alavanca do freio. Ou seja, se o motorista “abaixou” completamente o freio de mão e mesmo assim a luz acendeu (e permaneceu acesa) no painel, pode significar que há um mau contato no sistema do veículo, sendo indicado procurar uma oficina para averiguar o problema.

Como resolver?

Com a luz de freio de mão acendendo no painel, o motorista tem motivo para se preocupar, afinal, algo neste sistema não está funcionando corretamente. Antes de indicar como resolver o problema, é preciso identificá-lo. Confira o que fazer para consertar o sistema de acordo com cada caso:

  1. Baixo nível do fluido do sistema de freio: nessa situação, o indicado é procurar um mecânico o mais rápido possível para realizar a troca das peças com defeito. Vale ressaltar que o fluido do freio é de suma importância para a rodagem do veículo, afinal, é ele que faz com que a força do pedal seja transmitida para o sistema de frenagem nas rodas do automóvel.
  2. Freio de estacionamento acionado: quando a luz de freio de mão acende no painel por conta do mesmo estar acionado, a solução é bem simples: abaixar completamente o freio de mão do veículo.
  3. Falha no interruptor da alavanca: quando o sistema de freio apresenta algum defeito que não tem a ver como uma ação “errada” do motorista, como a indicada acima, o recomendado é buscar um profissional especializado para corrigir a falha, como no caso do interruptor da alavanca do freio de mão, que pode estar apresentando um mau contato, por exemplo.

Quando a luz de freio não acende ao puxar o freio de mão

Luz de freio acesa

A luz de freio é fundamental para que você consiga sinalizar os outros condutores do estado de seu carro, bem como suas ações. Seu funcionamento é obrigatório e passível de multa.

No caso de a luz do freio de mão não acender quando ele estiver puxado, provavelmente o motivo se dá por falta de alimentação, como um problema no fusível do veículo, ou a lâmpada pode ter queimado.

Como saber se o freio de mão está bom?

Caso o seu veículo não apresente as falhas listadas a seguir, é muito provável que não haja nenhum problema no sistema de frenagem e que o freio de mão esteja em boas condições de uso. Confira: 

  • Quando o veículo estacionado não trava completamente mesmo com o freio de mão puxado até o fim, significa que há alguma falha no sistema, a qual é chamada popularmente de “freio alto”. Para resolver, basta levar o automóvel para um profissional especializado;
  • Outro indício é quando a simples ação de manejar o freio de mão (puxar e abaixar) se torna uma tarefa mais difícil de ser executada, como se o freio estivesse pesado e/ou emperrando. Para resolver essa falha, é necessário realizar a troca do componente;
  • Frenagem menos potente e vazamento de fluidos das rodas do veículo também podem indicar que o sistema de freio precisa de algum reparo.

No caso do veículo apresentar algum desses defeitos, é recomendado procurar uma oficina mecânica para avaliar o sistema de freio. Caso nenhuma dessas falhas acometa o automóvel, provavelmente o freio de mão está funcionando corretamente.

Gostou do conteúdo acima? Para conferir mais posts sobre o universo automotivo, acompanhe nosso blog e, se precisar de novos equipamentos para seu veículo, acesse o Moura Fácil!