O imobilizador é um sistema composto por um chip, uma unidade de comando imobilizadora, uma antena e uma unidade de comando eletrônico do motor. Todo esse sistema impede que alguém dê a partida no automóvel

Você que tem o seu automóvel, sabe quais os sacrifícios precisou fazer para adquiri-lo, não é mesmo? Portanto, acreditamos que uma das suas principais preocupações seja com furtos ou roubos, algo que acontece com frequência em todas as cidades brasileiras. Assim, este sistema te ajudar a prevenir esse problema.

No entanto, é preciso entender como o imobilizador funciona. Afinal, ele não é um freio que impede o seu veículo andar, mas um sistema que não permite a movimentação.

E então, se você gosta de mecânica automotiva e tem o interesse de aprender sobre alguns assuntos referentes a esse mundo, continue lendo o nosso artigo!

Veja como funciona o imobilizador do automóvel 

O sistema imobilizador é eficaz para combater crimes como os já citados neste artigo. Você pode vê-lo como um dispositivo de segurança que conta com um mecanismo antirroubo. Esse mecanismo impede que o automóvel funcione e o mais interessante, não precisa que você o acione, pois o sistema é “inteligente”, confira:

Imagem mostra o interior de um veículo

O sistema imobilizador possui diversos mecanismos para deixar o seu veículo mais protegido.

Possui codificação 

É isso mesmo, a chave do seu automóvel foi desenvolvida com uma criptografia armazenada em um pequeno chip. Nós chamamos isso de transponder. E cada chave possui um código para dar a partida. 

Nenhuma é igual a outra. Então, não adianta pegar uma chave de outro carro do mesmo modelo que o seu e tentar fazer o seu veículo funcionar, pois o código não será o mesmo.

Tem antena para fazer a comunicação

A antena é a que faz a comunicação entre o maquinário do veículo e a chave. Por isso, ela é muito importante para o seu carro e para todo o sistema imobilizador do veículo. 

Conta com central de comandos acoplada

A central de comandos é acoplada no painel do veículo. Ela recebe as informações da antena para que a partida do motor seja dada. Assim, quando você abre o seu automóvel e insere a chave na ignição, a antena recebe um pulso elétrico que interage com a central de comandos. Em seguida, é validado o código e a alimentação elétrica dá a partida no motor. 

Saiba como proteger os veículos contra roubos 

Os automóveis têm imobilizador passivo e não passivo. Hoje, praticamente todos os veículos fabricados contam com imobilizadores passivos e eles funcionam sem a interferência humana. Mesmo se você esquecer de trancar as portas do seu veículo ou armar o alarme, o imobilizador passivo irá funcionar. 

Já os imobilizadores não passivos são os sistemas de alarmes pós-venda. Eles também podem ser em forma de interruptor de corte oculto. No entanto, este sistema só funcionará se você definir o alarme ou ativar o interruptor, ou seja, será necessária a interferência humana. 

Com esses dois tipos de imobilizadores, o seu automóvel ficará mais protegido contra roubos. No entanto, também é importante evitar estacionar em locais escuros e com muitas árvores. Afinal, esses lugares podem não ser tão seguros. 

Como sempre ouvimos por aí, é melhor prevenir do que remediar, não estacionando em locais perigosos.  

Imagem mostra um veículo azul estacionado

O sistema imobilizador é vital para auxiliar na proteção do seu veículo e, assim, ajudar a evitar possíveis roubos e furtos.

Entenda porque o imobilizador é uma ótima opção para os automóveis 

O imobilizador é uma boa opção para os automóveis porque ele desconecta o circuito elétrico no sistema de ignição. Ele também afeta outros componentes de potência do carro e, assim, quem tiver o interesse de furtá-lo não conseguirá efetuar o crime. 

Outro fato interessante é que, dependendo do tipo de imobilizador, ele também poderá desligar o motor do automóvel após um determinado período que estiver funcionando. 

Outro detalhe importante é que mesmo se um profissional desconectar o imobilizador do sistema, o motor não irá ligar, pois a unidade de controle antirroubo está sincronizada com todo o sistema eletrônico do carro.

Assim, ele não receberá os comandos corretos para você dar a partida e não terá contato com a ignição do automóvel. 

Gostou do conteúdo? Como você viu, este sistema funciona como um código para o seu automóvel. Ele é único e, por isso, é tão importante contra furtos, principalmente em cidades grandes. Portanto, se gosta de dirigir por aí com seu veículo, não ignore o imobilizador. Ele poderá ser muito útil nas horas que você mais precisar. 

E se o seu carro ficar sem bateria, já sabe: conte com o MouraFácil.com para levá-la até você!

Botão CTA