O Grupo Moura alcançou a marca de 100 mil escudos faciais produzidos e doados para o enfrentamento do novo coronavírus. Os equipamentos estão sendo fabricados desde abril em uma das unidades industriais do polo produtivo de baterias da empresa em Belo Jardim (PE), a partir da adaptação de uma linha de produção para viabilizar essa ação social.

Também conhecidos como máscaras Face Shield, vêm sendo distribuídas em todo o País para os órgãos responsáveis pela gestão de unidades de saúde, sendo todas destinadas a médicos, enfermeiros, assistentes de enfermagem e demais profissionais que seguem atuando na missão de salvar vidas durante a pandemia.

Os escudos também foram destinados à Secretaria de Educação de Pernambuco, que receberá este mês um total de 32 mil escudos com o objetivo de garantir segurança dos profissionais. Para alcançar o maior número de localidades possíveis no Brasil, a Rede Moura, por meio de seus distribuidores, tem participado ativamente das doações. Além disso, os equipamentos foram distribuídos para todos os colaboradores Moura.

O desenvolvimento do produto, feito à base de PET, PP e Elástico e adequação de linhas de produção foram tarefas executadas em tempo recorde pela equipe de engenheiros e técnicos da Moura. Em cerca de 15 dias, as primeiras unidades já estavam prontas e sendo entregues a secretarias de Saúde, responsáveis por conduzir a distribuição por unidade hospitalar.

As máscaras tipo Face Shield são utilizadas globalmente como EPI para os profissionais de Saúde. Elas protegem completamente os rostos dos profissionais, ao impedir que gotículas de saliva dos pacientes os atinjam durante os atendimentos – especialmente as áreas expostas, como os olhos, que não são protegidos por máscaras do tipo N95, por exemplo. O material é reutilizável, desde que devidamente higienizado, de acordo com os padrões de esterilização adotados nas unidades hospitalares. A Moura acredita que juntos vamos superar esse momento tão desafiador.

 

AÇÕES SOLIDÁRIAS

Desde março, a Moura desenvolveu o produto, coordenou a fabricação junto a empresas do Agreste e promoveu a doação mais de 150 mil máscaras de tecido para população, colaboradores brasileiros, da Argentina e do Uruguai, além de profissionais que atuam nas revendas Moura em todo o País. Além de ter doado mais de 1.500 baterias para hospitais de Pernambuco, São Paulo, Mato Grosso e Rio de Janeiro. Os produtos são usados com aplicação em nobreak, servindo de backup em caso de queda de energia para abastecer as unidades de saúde e individualmente também nos respiradores. Cada respirador precisa de ao menos uma bateria para continuar funcionando.

O Grupo Moura também integra ainda a iniciativa Empresários Por Pernambuco, que tem promovido a entrega de 100 mil cestas básicas para famílias vulneráveis pernambucanas. De forma voluntária, colaboradores da organização iniciaram uma Corrente do Bem pela cidade de Belo Jardim (PE) também voltada para a doação de alimentos e produtos de higiene e limpeza de primeira necessidade, que ganhou força com a adesão do Instituto Conceição Moura, que doou cerca de seis mil cestas básicas para os belo jardinenses que têm mais sofrido com o atual momento.