Mesmo sendo uma preferência de muitos motoristas na hora de escolher um carro, nem todos sabem como funciona a direção hidráulica. Além disso, é bastante comum encontrar quem não saiba muito bem as diferenças entre direção hidráulica, direção elétrica e eletrohidráulica.

Aprender o que é cada uma delas e como funcionam te ajuda a entender quais seus benefícios e por qual optar na hora da compra de um veículo. E para te ajudar a entender o que é direção hidráulica, trouxemos um conteúdo completo! 

O que é direção hidráulica?

Primeiro, é preciso entender o que é direção hidráulica para saber como o sistema hidráulico funciona no veículo. E diferente do que o nome indica, o sistema não é movido por água.

Essa direção nada mais é do que um sistema composto por diversos componentes e elementos, além da própria direção. Dentre os elementos, estão:

  • Bomba hidráulica: um dos principais componentes do sistema, cuja função é gerar pressão de óleo para movimentar o pistão hidráulico da caixa de direção;
  • Pistão hidráulico: recebe a pressão do óleo de direção hidráulica, direcionando este óleo pela válvula rotativa, auxiliando a diminuir o esforço para girar o volante;
  • Válvula rotativa: tem a função de direcionar o óleo ao pistão, permitindo a passagem do líquido ao girar do volante.

Em resumo, podemos classificar a direção hidráulica como um sistema que aplica a mecânica dos fluídos para facilitar o processo de definição da trajetória, exigindo menos esforço ao girar o volante.

Como funciona o sistema de direção hidráulica?

O papel do sistema hidráulico é auxiliar na diminuição da força necessária para guiar o veículo. E como dissemos, ele funciona através da aplicação de fluídos, para que a direção hidráulica possa girar o volante.

Contudo, ao mesmo tempo, esse procedimento é realizado com a movimentação da coluna de direção. A coluna, por sua vez, movimenta a válvula rotativa e o pinhão – outro componente do sistema.

Dessa forma, após movimentar o volante, o fluído de direção recebe a pressão da bomba hidráulica e é transportado pela válvula rotativa até um dos lados do pistão hidráulico.

Através desse direcionamento do óleo de direção sob pressão, o pistão se movimenta para o lado indicado pelo motorista. Esse processo movimenta o semieixo que, por sua vez, movimenta a roda, o que exige menos força para girar o volante.

As diferenças entre direção elétrica, hidráulica e eletrohidráulica

O sistema de direção hidráulica é um dos mais comuns no Brasil. Porém, existem outros dois tipos de direção: a elétrica e a eletrohidráulica. Você sabe quais são as diferença?

Primeiro, na direção elétrica não há a presença do óleo de direção hidráulica. Nela, junto da caixa de direção, está fixado um motor elétrico, que tem a função de facilitar a movimentação do veículo.

Dessa forma, é possível dizer que o sistema de direção elétrica acaba sendo mais prático, já que nele não há a presença de tantos componentes.

Por outro lado, a direção eletrohidráulica tem um funcionamento bem semelhante ao sistema hidráulico. A diferença, porém, é que a bomba hidráulica é acionada por um motor elétrico e não pelo motor do veículo.

Imagem de uma motorista dirigindo um automóvel com direção hidráulica

Muitos motoristas preferem a direção hidráulica porque ela proporciona uma direção mais leve.

Quais as vantagens da direção hidráulica?

Apesar das diferenças com os demais sistemas, a direção elétrica ainda apresenta algumas vantagens para o motorista.

A primeira delas é a funcionalidade do sistema, que ajuda a deixar a direção até 80% mais leve em comparação com a direção mecânica.

Com isso, há uma maior facilidade na hora de conduzir o veículo, proporcionando menos esforço ao motorista.

Outra vantagem da direção hidráulica é que ela oferece um custo de manutenção relativamente menor. Em comparação com a direção elétrica e eletrohidráulica, os custos de reparo são menores.

A preferência pela direção hidráulica

Em geral, a escolha pelo sistema de direção hidráulica é tida como uma preferência por muitos motoristas justamente pelas vantagens que ele proporciona.

Isto é, a combinação do conforto proporcionado pela facilidade do sistema hidráulico, além da economia na hora de revisões ou manutenções são os principais atrativos na hora da compra.

Contudo, ainda vale lembrar que apesar dessas vantagens, o ideal é que o motorista tenha um cuidado maior, especialmente durante o uso.

O mal uso por parte do motorista pode trazer prejuízos maiores na hora do conserto, encarecendo a manutenção. Isso acontece pelo fato de a direção hidráulica ser composta por vários elementos, que podem ser danificados quando colocados em sobrecarga.

Agora que você sabe o que é direção hidráulica e como ela funciona, aproveite para conferir outras dicas e cuidados com o seu veículo no nosso blog. Lá você confere tudo que precisa para cuidar do seu automóvel.

E já sabe, independente de qual seja o seu sistema de direção, bateria é sempre Moura!

botão CTA que leva até o mourafacil.com