Caso você necessite trocar a bateria do seu carro com sistema start/stop, é imprescindível que saiba a diferença entre EFB e AGM — peças que contam com uma tecnologia para atender às necessidades dos veículos mais modernos. 

Vale destacar que as baterias EFB e AGM são sustentáveis, melhores desenvolvidas e conferem maior desempenho para os carros. Contudo, é importante saber quando cada uma delas é indicada para o veículo.

Afinal, quando feita a escolha errada, há a possibilidade de que o carro perca eficiência energética e que a vida útil da bateria seja reduzida, bem como as outras peças do automóvel fiquem danificadas.

Por isso, a seguir, confira o que é cada bateria, a diferença entre EFB e AGM e qual a melhor opção para o seu veículo!

O que são baterias AGM?

As baterias AGM — sigla proveniente do inglês “Absorbent Glass Mat” — são peças feitas a fim de fornecer tudo o que os sistemas de carros mais complexos e de alto desempenho precisam. 

Exemplos de modelos que necessitam desse tipo de bateria são os carros que possuem turbo eletrônico e freio regenerativo. Afinal, esse tipo de veículo demanda um ciclo energético mais potente para abastecer os freios com rapidez e eficiência. 

É válido destacar que as baterias AGM possuem essa nomenclatura (em tradução livre significa “tapete de vidro absorvente”) pois contam com sistemas de mantas de lã de vidro para que a absorção de substâncias ácidas seja feita, o que se distingue das baterias normais.

Dessa forma, os mecanismos do veículo são mais eficazes no que tange os ciclos energéticos e os de descarga da bateria.

O que são baterias EFB?

As baterias EFB — sigla proveniente do inglês “Enhanced Flooded Battery” — são, nada mais nada menos, do que as baterias tradicionais com acréscimo de mecanismos mais avançados. Esse tipo de peça é utilizado em carros que contam com um sistema simplificado de Start/Stop.

Tecnologia esta que desliga automaticamente o motor após alguns segundos da parada do veículo, como ocorre no semáforo e no trânsito, por exemplo, e volta a ligá-lo, também de modo automático, quando movimentos nos pedais são acionados de novo.

Vale destacar que as baterias EFB contam com mecanismos de recarga rápida, os quais tornam possíveis que o carro dê diversas partidas em meio ao mesmo percurso. Assim sendo, esse modelo de componente é perfeito para carros que estão habituados a rodarem por um longo período de tempo, como é o caso dos utilizados com a finalidade de fazer corridas por aplicativo.

Em relação ao valor de mercado, é importante ressaltar que as baterias EFB têm um preço mais salgado quando comparadas às baterias AGM. No entanto, o desempenho entre as duas é muito similar.

Qual a diferença entre EFB e AGM?

diferença entre EFB e AGM

A escolha entre as baterias AGM e EFB vai depender do tipo de veículo e do seu uso, uma vez que cada uma possui uma eficiência energética distinta.

Muitas pessoas se perguntam qual a diferença entre EFB e AGM e, embora você saiba um pouco mais sobre cada bateria de acordo com os tópicos anteriores, talvez ainda não tenha ficado clara essa distinção entre os dois tipos de componentes. Por isso, a seguir vamos te explicar!

Em resumo, podemos dizer que os carros mais populares com o sistema de start/stop simples usam as baterias EFBs, as quais conseguem suportar todas as necessidades elétricas do veículo com as recorrentes paradas durante o tráfego.

Ou seja, estas são ideais para veículos que param diversas vezes durante o percurso, sendo necessário dar diferentes partidas no mesmo.

Já as baterias AGM são utilizadas em veículos de luxo, com sistema start/stop avançado, afinal, esses carros, como BMW e Land Rover, demandam muita energia durante a execução de seus movimentos. 

Ou seja, estas sofrem uma descarga muito menor e de forma muito mais lenta toda vez que param no semáforo ou no trânsito. Desse modo, a tecnologia da bateria AGM dá conta da necessidade de veículos desse porte, os quais exigem muito mais do componente.

Embora não seja uma bateria de ciclo profundo, seu desempenho é muito similar a esses modelos, conseguindo a AGM operar com uma voltagem bem baixa, diferentemente da EFB.

Então, podemos dizer que a principal diferença entre EFB e AGM é a seguinte:  a primeira foi feita para uma menor carga e descarga, enquanto a segunda para uma maior carga e descarga.

Qual a melhor bateria AGM ou EFB?

Muitas pessoas se questionam “bateria EFB ou AGM?”, e a resposta é: depende. Afinal, como dito acima, cada uma é indicada de acordo com as necessidades do veículo. 

Para carros com sistema simples de start/stop, a melhor bateria é a EFB, afinal, ela foi feita para dar cargas rápidas em um mesmo percurso, sendo ideal para táxis, por exemplo.

Para carros com sistema avançado de start/stop, a melhor bateria é a AGM, afinal, ela imprime uma eficiência energética maior nos ciclos mais profundos de descarga, sendo ideal para veículos mais luxuosos, que contam com componentes mais complexos e sofisticados.

Gostou do conteúdo acima? Para conferir todas as novidades do setor automotivo, não deixe de acessar nosso blog. E se precisar trocar a bateria, já sabe, né? Conte com nossos serviços acessando o Mourafacil.com!