A equipe da Moura, maior fabricante de baterias da América do Sul, listou informações sobre problemas, erros que precisam ser evitados e recomendações para garantir vida útil do produto, desmistificando algumas ideias sobre o cuidado com as baterias pesadas do seu caminhão ou máquina agrícola. Confira abaixo:

01) Se a partida do motor do caminhão ou da máquina agrícola começa a ficar “pesada” pode ser um sinal de que a bateria está com a algum problema. Outro caso é se o produto não segurar mais a carga, ou seja, precisar de recargas com intervalos de tempo cada vez menores. O visor de carga instalado na bateria auxilia na indicação de carga da bateria mostrando se a mesma está carregada (visor verde) ou precisa ser trocada (visor amarelo).

 

02) Os problemas podem surgir por práticas erradas, tais como:

  1. a) Instalar baterias de marcas ou capacidades (“amperagens”) diferentes, ou uma nova e outra usada nos sistemas de 24 volts, quando são necessários dois acumuladores integrados. Isso faz com que haja o desbalanceamento de carga, reduzindo a vida útil do conjunto. O correto é sempre substituir o par.
  2. b) Deixar a bateria trabalhar com estado de carga baixo, menor que 12,3 volts.

 

03) Para ampliar a vida da bateria é indicado:

  1. a) Manter as baterias bem fixadas, com os terminais sempre bem apertados e limpos.
  2. b) Nos sistemas de 24 volts, não realizar ligações elétricas, como ligações de rádio amador (PX), refrigeradores, etc., em apenas uma das baterias. Essa ação também causará desbalanceamento de carga. A recomendação é efetuar as ligações no conversor de carga.

 

04) É um mito afirmar que baterias para caminhões e máquinas agrícolas precisam ter acesso aos elementos internos para completar o eletrólito (líquido) das baterias. As baterias seladas são projetadas para trabalhar sem a necessidade de intervenção humana, o que evita equívocos na manutenção.

 

05) Na hora de escolher a bateria avalie sempre a melhor relação custo x benefício, optando por baterias de maior qualidade e peça original. Também analise o histórico da marca quanto à durabilidade, redução de paradas por problemas, redução de paradas para manutenção, reserva de capacidade, resistência, amperagem. As peças originais são testadas exaustivamente pelos fabricantes de veículos, o que garante uma maior qualidade e melhor desempenho do produto.